Música:"Se Acaso Você Chegasse" (samba), Lupicínio Rodrigues e Felisberto Martins, 1938.


Boêmio e conquistador inveterado, Lupicínio Rodrigues várias vezes transformou em samba episódios de sua vida sentimental. Assim, por exemplo, "Se Acaso Você Chegasse" é uma espécie de mensagem/sondagem que dirige a um amigo, Heitor Barros, de quem havia tomado a namorada. Lupicínio sabia que agira mal e temia perder o amigo, que muito prezava.

Para evitar o rompimento, procurava convencê-lo de que a amizade dos dois era mais importante do que a mulher infiel ("Será que tinha a coragem / de trocar a nossa amizade / por ela que já lhe abandonou..."), ao mesmo tempo em que lhe comunicava um fato consumado ("eu falo porque essa dona / já mora no meu barraco...") e de difícil reversão ("de dia me lava a roupa / de noite me beija a boca / e assim nós vamos vivendo de amor").

A verdade é que o poeta queria ficar com a mulher e o amigo, feito que acabou conseguindo, pois Heitor gostou do samba e perdoou a traição.

Composto em 1936, de improviso, na calçada do Café Colombo, em Porto Alegre, "Se Acaso Você Chegasse" é um dos melhores sambas de todos os tempos. Possui ainda o mérito de ter projetado nacionalmente Lupicínio e Ciro Monteiro, seu intérprete inicial, 1938, e Elza Soares, em 1959.



Ouçam esse samba na interpretação de Ciro Monteiro. Gravação RCA Victor, 1938.




**********
FONTES
1) Livro




A Canção no Tempo: 85 anos de músicas brasileiras, Vol 1: 1901-1957 / Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello. - São Paulo: Ed. 34, 1977.



 

2) CD Os Grandes Sambas da História. Vol 1 - 1977.

Exibições: 60

Comentário de Marise em 28 junho 2009 às 23:06
Laura eu sou fã do Lupi. Eu o conheci pessoalmente quando ele cantava em seu bar chamado Clube dos Cozinheiros. Eu e meu marido iamos lá seguido para vê-lo cantar.
O maior parceiro dele Alcides Gonçalves era tio de minha nora. Eu tenho todos os discos LP dele.
beijos
Comentário de Laura Macedo em 29 junho 2009 às 1:26
Marise, que maravilha você ter conhecido o Lupicínio. Temos em casa alguns LPs dele e curtimos muito sua arte. Gosto especialmente da canção "Esses Moços, Pobres Moços".
Já sabia da sua paixão pelo Lupicínio. Mas uma prova do seu apurado gosto musical.
Parabéns pela excelente participação na nossa página do Teatro de Revista.
Mega beijo.
Comentário de Rafael Reges em 2 julho 2009 às 13:42
Bela pérola, professora. Gozado é que eu achava que ele era paulistano. Em uma rápida busca na internet descobri que ele é o autor do hino do Grêmio de Futebol Porto-alegrense e que foi o cunhador do termo "dor-de-cotovelo".
Comentário de Helô em 10 julho 2009 às 11:52
Laurinha
Na minha adolescência, um dos meus amigos contava uma piada sobre este ótimo samba de Lupicínio:
As freiras de um convento ganharam de presente o disco do Lupicínio. A música preferida era "Se acaso você chegasse" e a madre superiora foi verificar o que dizia a letra. Não satisfeita com o trecho "de noite me beija a boca", mandou raspar aquele trechinho. Aí o disco tocava assim: "de dia me lava a roupa, de noite... sssshic ssshic ssshic".
Haha, como eram puras as nossa piadas.
Beijos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço