“Morena boca de ouro” (samba), de Ary Barroso - 1941.


 

“Morena boca de ouro” é uma das melhores criações de Ary Barroso, peça obrigatória em qualquer antologia de samba que se possa imaginar.

Nesta composição Ary tira o máximo proveito das potencialidades rítmicas do samba, através de uma sinuosa linha melódica, que se desenvolve entrecortada de síncopes do primeiro ao último compasso.

Justificando a agitação da melodia, a letra focaliza uma morena exuberante – “brasa viva, pronta pra queimar” -, que roda , ginga e samba como ninguém.

“Morena boca de ouro” antecede em nossa música a exaltação de outras beldades sambistas como a mulata de ‘É luxo só”, do próprio Ary.


Ouça abaixo, clicando no nome da música.

“Morena boca de ouro” (Ary Barroso) # Sílvio Caldas. Disco Victor (34.793A), 1941.



FONTES
1) Livro




A Canção no Tempo: 85 anos de músicas brasileiras, Vol 1: 1901-1957 / Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello. - São Paulo: Ed. 34, 1977.



 

2) Disco Victor, 1941 (Acervo do Instituto Moreira Salles).

Exibições: 67

Comentário de Gilberto Cruvinel em 3 abril 2011 às 14:36

Oi Laura, querida,

 

Que delícia de samba, dá vontade de sair dançando. Lindas melodia e letra.

Ando metido num curso de 2 a sab, de modos que tem sobrado pouco tempo para o blog, mas já andei visitando o post do Centenário do Assis Valente, onde minha querida Carmen reina absoluta. Depois vou comentar.

 

Beijos

Gilberto

Comentário de Laura Macedo em 3 abril 2011 às 21:54

Gilberto, querido amigo,

 

Você acertou no alvo; dá mesmo uma vontade danada de sair dançando quando ouvimos este clássico do grande Ary Barroso.

 

Sempre que faço algum post relacionado com a Carmen Miranda é impossível não lembrar de você :))

Sucesso no curso.

 

Beijos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço