Barras é um município brasileiro do Estado do Piauí criado no ano de 1889, surgido a partir da fazenda Buritizinho. No local havia uma capela dedicada à Nossa Senhora da Conceição, que tornou-se sua padroeira.

 

A localidade foi elevada à condição de Vila e passou a se chamar Barras do Marataoan, em alusão ao rio que recebe os visitantes na sua entrada e por estar situada entre barras de rios e riachos.

 
Quando foi elevada à categoria de cidade, a vila passou a se chamar apenas Barras.

Vinte dois anos após sua emancipação nasceu a Banda Lira Brasileira, em 1911, depois denominada de Lira Barrense.

 

 

 


Os barrenses contam que o grupo surgiu de um protesto – o primeiro movimento dos caras pintadas do município – contra a falta de estradas na região. Depois da manifestação, o grupo virou voz ativa em agenda cultural.

A banda de música Lira Barrense tem uma história que confunde-se com a própria história cultural do município de Barras. Nesses cem anos de plena atividade a banda sempre esteve muito presente na vida cultural da cidade apresentado-se nos momentos mais caros e solenes da comunidade barrense, recepcionando autoridades e entretendo as festividades públicas.

 

 

 

Em comemoração ao seu centenário o grupo vem recebendo justas homenagens pelos serviços prestados aos barrenses, sendo recentemente homenageada no primeiro Sarau Litero-Musical de Barras como uma das mais antigas bandas de música do Estado do Piauí.

Confiram a apresentação da banda Lira Barrense no referido Sarau. (A qualidade técnica do som deixa um pouco a desejar).

 

 

 



O maestro Teotônio Rodrigues de Oliveira, atual regente da banda, informou que a Lira conta com 39 integrantes e aposta na Escola de Música, que será criada este semestre, para formar novos alunos.

A Lira Barrense é uma espécie de orquestra do interior. "Tocamos de tudo, deste marchas até músicas sofisticadas”, disse o maestro Teotônio Rodrigues.

E para marcar o seu Centenário a banda Lira Barrense foi agraciada entre 3.090inscritos pelo Programa BNB de Cultura – Edição 2011 – com recursos que serão investidos no melhoramento técnico da banda, como por exemplo a compra de novos instrumentos.

Segundo Germano Filho (Coordenador de Cultura da Prefeitura de Barras), com Projeto do BNB serão atendidos 80 jovens carentes de 13 a 17 anos. Eles terão 900 horas aulas de música gratuitas.

 

Outros 40 jovens das escolas municipais, de 18 a 29 anos, também serão indicados por associações comunitárias.

Além destes, mais 30 pessoas serão capacitadas para o conserto de instrumentos musicais em 12 módulos no espaço de um ano. Ao todo, 150 pessoas participarão das atividades de capacitação e inclusão social.

 

 


A Banda Lira Barrense merece todos os aplausos no seu Centenário de nascimento.

Confesso que fiquei motivada a pesquisar em profundidade a história centenária da Banda Lira Barrense.



************
Fontes:

- Blog do maestro Rocha Sousa – História e Música no Piauí (excelente).
- Portal CidadeVerde.com
- Wikipédia.

************

Exibições: 404

Comentário de Gregório Macedo em 16 fevereiro 2011 às 2:46

Não percamos tempo, querida. Vamos entrar em campo e garimpar informações/impressões sobre a Banda Lira Barrense. Lembrando que há outras a merecer atenção.

Beijos.

Comentário de Laura Macedo em 16 fevereiro 2011 às 17:52

É verdade, Gregório. Em termos de "Bandas" estamos bem servidos, não é mesmo?

Com seu auxílio luxuoso, vamos longe... :))

Beijos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço