Aécio Neves critica intervencionismo exacerbado do governo

No encontro dessa segunda-feira em Uberlândia, que reuniu lideranças de 11 partidos e foi batizado de Conversa com os Mineiros, o senador Aécio Neves disse que está na hora de pôr fim ao governo do PT, “que tão mal tem feito ao Brasil.” Para o senador, pré-candidato ao Palácio do Planalto, as conquistas do país nos últimos 20 anos correm risco sob o comando da presidente Dilma Rousseff por causa de sua política equivocada, principalmente na área econômica. 

 
Segundo o senador, o partido da presidente adota hoje posturas “demonizadas” por seus integrantes no passado, como as parcerias com a iniciativa privada e as privatizações. “O PT realizou poucos dias atrás a maior privatização da história do Brasil no caso do pré-sal, mas tem dificuldades de admitir isso.” 
 
Nós não podemos demonizar o capital privado. Temos de criar condições de respeito a contratos e condições jurídicas que não se alterem a todo instante para que os investimentos tenham segurança de vir para o Brasil”. Aécio disse que em sua viagem recente aos Estados Unidos, para falar com investidores estrangeiros, ter sentido “enorme pessimismo” em relação ao Brasil. “Exatamente pelo intervencionismo do governo, pela felixibilização na condução da política econômica”, disse o senador.
 
Aécio ainda afirmou que o Brasil registra hoje um patamar baixo de investimentos porque os empresários "ficaram assustados com o intervencionismo exacerbado do governo." "O Brasil deixa de ser prioridade para investimentos internacionais. Eu recentemente participei de um grande evento internacional e é unânime a avaliação de que o Brasil não dá estímulos, segurança para os investimentos", destacou.

Exibições: 97

Os comentários estão fechados para esta mensagem de blog

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço