A crise no mundo árabe e o preço do petróleo

Por Helder Queiroz, do Blog Infopetro

 

A  atual crise política no mundo árabe já provoca sobressaltos no mercado internacional do petróleo. Após o agravamento da crise na Líbia, país integrante da OPEP e com produção de cerca de 1,5 milhões de barris, os preços internacionais do óleo bruto subiram de forma significativa, nos últimos dias, atingindo o patamar de US$ 108 para o barril do óleo do tipo Brent.

 

O grau de incerteza nos mercados e a consequente volatilidade dos preços tendem a ser ampliados nos próximos dias, dado que é praticamente impossível prever quais serão as consequências políticas e econômicas da crise na Líbia, mas sobretudo sobre eventuais desdobramentos em outros países da OPEP.


Desse modo, o maior receio dos agentes que operam nesse mercado diz respeito à possibilidade de ruptura da oferta. Nessas condições de incerteza, o mercado futuro do petróleo fica ainda mais ativo, multiplicando-se significativamente o número de transações, retroalimentando a tendência de alta. Esse aspecto não é particularmente novo. Em meados de 2008, os preços atingiram o patamar de US$ 145 e recuaram para praticamente a metade desse valor no final daquele ano.

 

Em que medida a alta de preços de 2008 se assemelha a essa que ocorre em 2011? Do ponto de vista dos fatores explicativos na verdade os dois movimentos são muito distintos: no primeiro caso, com forte predominância do componente estrutural; e no caso atual, os determinantes são de natureza geopolítica. Cabe recordar que, em 2008, a baixíssima capacidade excedente da produção mundial, em torno de 1 milhão de barris, suscitava fortes preocupações com relação à não adequação da oferta para atender a demanda, num contexto de crescimento econômico mundial. De certop modo, a crise financeira internacional contribuiu para “ resolver” este problema, devido à forte retração econômica ocorrida a partir do segundo semestre de 2008. (...) continua no blog infopetro.

Exibições: 70

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço