Caros amigos, desde os anos de 1990,principalmente com o movimento de massas pelo FORA COLLOR,em 1992,alguns próceres da grande mídia passaram a colocar a imprensa de grande  circulação impressa e eletrônica como o quarto poder no Brasil,tendo a capacidade de mudar os rumos da história ou interferir de forma insiciva sobre a dinâmica das pessoas.Acho que não é bem assim.

  O movimento Fora Collor,puxado por sindicatos,partidos de esquerda e a UNE,só teve a adesão da grande imprensa quando esta se viu tangida pelo crescimento das manifestações pelo Brasil afora.

 As Organizações Globo,por exemplo,só deu mais ênfase,não só pelas denúncias derradeiras do irmão de Collor, mas quando sentiu que remar contra a maré seria vexatório.A TV GLOBO cedia,antes das massas tomarem de assalto as ruas e praças,seguidamente espaço para Collor se defender.E o tiro de misericórdia foi quando a GLOBO colocou no ar um apelo do presidente Collor para que todos usassem o verde e amarelo nas ruas e as massas,em reação,saíram de preto.Aí a postura da baronesa da grande mídia foi outra.

 Outros exemplos aconteceram do lado inverso da história.Em 2002,no DF,em plena disputa eleitoral do segundo turno,o Correio Braziliense,que tinha Noblat como chefe de redação,publicou uma matéria bombástica envolvendo Joaquim Roriz,então no PMDB,com grileiros,que faziam parte do seu governo.Dia seguinte,Roriz,o ex.coronel do DF,conseguiu a interdição do jornal,censura mesmo,e mesmo assim,e de forma apertada,conseguiu a reeleição para governador batendo o Magela ,do PT.

 Se a grande mídia fosse tão forte como pensa,arrogante que é,Lula não seria reeleito em 2006 após o surgimento do Mensalão, em 2005, e,agora,depois de uma intensa campanha de exposição de Marina Silva na mídia o seu partido,a Rede,teria conseguido as assinaturas exigidas para sua legalização.

 Me causa estranheza as aspas na grande imprensa;há anos lemos e ouvimos segundo fontes do Planalto,segundo pessoas presentes em tal evento ou reunião para criar factóides ou incriminar pessoas,mesmo que essas pessoas estejam envolvidas.

 

 Nas constantes manifestações, que ocorrem desde junho em quase todas as cidades brasileiras, a mídia grande,deixando de lado a importância das reivindicações ou eventos que ocasionem tais manifestações,se pauta em criminalizar os movimentos sociais  e os BLack Blocs.

 A grande mídia vive no seu mundo de empáfia,loby e corrupção.

Exibições: 135

Comentário de Marcos Carnavale em 1 novembro 2013 às 9:20

Caro Valcir,a grande mídia no caso do julgamento do mensalão,quando seria votado os chamados embargos infringentes,tentou,e de forma incisiva,influenciar as massas à irem para as ruas pressionarem os togados e como você sabe de nada adiantou,pois os embargos infringentes passaram e os mensaleiros terão novo julgamento com a apreciação de novos pareceres.

 No caso do desvio de dinheiro dos trens em SP,durante a interminável gestão tucana,a GLOBO só pautou a matéria após o sindicatos dos metroviários fazerem a denúncia durante vários atos públicos .A grande mídia eu não leio,não ouço e não vejo,me pauto pelas mídias alternativas,como este blog e outros,a Mídia Ninja e o outras sites alternativos.

Abraços.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço