A PADARIA E A TEMPORADA DE ÓPERAS DE 2016 DO THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO. ARTIGO DE ALI HASSAN AYACHE NO BLOG DE ÓPERA E BALLET.

A direção do Theatro Municipal de São Paulo anunciou no último dia 12 de Dezembro a temporada 2016, o evento como esperado contou com a imprensa camarada, aquela que não tece críticas ao trabalho da direção. Dos que escrevem nesse Blog, nunca na história de país alguém será convidado.
John Neschling anunciou seis óperas em Julho no facebook, viraram três meses depois e em um site internacional o teatro divulgou cinco títulos e agora são quatro. Confusão generalizada e nenhuma surpresa na seleção: La Bohème (R$ 1,98 milhão), Lady Macbeth de Mtsensk (R$ 2,72 milhões), Elektra (R$ 3,23 milhões) e Fosca (R$ 3,71 milhões). A verba será todinha de recursos do tesouro municipal, não depende de um real da iniciativa privada. O orçamento do Theatro Municipal de São Paulo para 2016 é de 112 milhões de reais.
A promessa de transformar o Municipal em um teatro de repertório de óperas ficou na promessa. Desculpas e mais desculpas e nada de ação. Administrações vão e a política do teatro continua a mesma, destruir o trabalho do antecessor e começar tudo de novo. Montagens de óperas custam caro e remontagens custam menos, o Municipal via gastar R$ 1,98 milhões na remontagem da ópera La Bohème. Com esses valores o teatro não precisa de óperas de repertório. Segundo John Neschling “Falamos em custo de produção, mas isso aqui não é uma padaria. Até porque uma grande montagem de ópera traz um valor para a cidade que não se mede em dinheiro”.
Donos de padarias, aqueles que se preocupam em fazer o pão quentinho de manhã podem ficar em suas empresas quanto quiserem. No Theatro Municipal de São Paulo as coisas são um pouco diferentes, o mandato do prefeito Haddad se encerra no final de 2016.
Ali Hassan Ayache

Fonte: http://cultura.estadao.com.br/blogs/joao-luiz-sampaio/teatro-munici...

Exibições: 67

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço