A riqueza patente. O fosso da globalização (francês cita +1 entreguismo do Gov. FHC p/ EUA)

Economista Benjamin Coriat: A riqueza patente. O fosso da globalização
Nesta entrevista à repórter Elizabeth Carvalho, o economista Benjamin Coriat explica como informação, patentes e priopriedade intelectual se tornaram a “Riqueza das Nações” no século XXI.

O abismo que separa o grupo reduzido dos países “desenvolvidos” do imenso grupo dos países “em desenvolvimento” é o da inovação tecnológica. Países milionários em recursos naturais que não dispõem das ferramentas técnicas capazes de processá-los permanecem pobres, da mesma forma que países que investem em educação, mas não podem absorver sua mão de obra qualificada e avançar na pesquisa científica, permanecem estagnados. Seria lógico que este fosso imenso tendesse a se reduzir num mundo globalizado como o de hoje, de aparente facilidade de acesso ao conhecimento. Mas na verdade ele vem se ampliando, como o buraco na camada de ozônio, graças aos novos mecanismos que regem os direitos de propriedade intelectual ditados pelos que guardam as chaves do progresso e da ciência.

O mundo complexo e altamente concentrador das patentes no século XXI me foi revelado pelo economista Benjamin Coriat numa conferência sobre visões comparadas do desenvolvimento europeu e latino-americano, promovido recentemente pelo Instituto de Economia da UFRJ. Até então, eu pouco sabia sobre a questão dos direitos de propriedade intelectual e das barreiras que vedam à maioria o usufruto das descobertas da ciência – não apenas as de um passado recente, mas também as de um futuro remoto e intangível -, uma questão crucial no destino das próximas gerações. Através de uma longa pesquisa histórica, Coriat traduz esse mundo complexo numa linguagem simples e fascinante. Espero que o resultado final da entrevista seja para todos tão esclarecedor como foi para mim o encontro com o professor.

por Elizabeth Carvalho

Vídeo-extra: Saúde X Patente
Neste víde-extra, o economista Benjamin Coriat fala sobre a questão quase filosófica, embora estritamente comercial, envolvendo o direito à propriedade intelectual e o direito universal à Saúde.

Exibições: 107

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço