A RITA

Aquela menina, a Rita,

Não há que negar,

era bonita!

Eu vi, posso falar.

Tão novinha,

sob a calcinha

nem pelos tinha.

Eu, púbere rapaz

que só de olhar

se satisfaz

ficava a imaginar:

O Paraiso! La vem a Rita

toda bonita

fazendo fita.

Toda airosa, a poderosa

ergue a saia cor-de-rosa:

Mané, se tu es home

me come!

Exibições: 71

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço