COM A PROXIMIDADE DO PERÍODO CARNAVALESCO INICIAMOS A SÉRIE - "A SAGA DO CARNAVAL" -, OBJETIVANDO RESGATAR, EMBORA PARCIALMENTE, AS ORIGENS E CURIOSIDADES DESTA GRANDIOSA FESTA POPULAR; UMA DAS MAIORES DA NOSSA CULTURA.


*********************************************************************************


A SAGA DO CARNAVAL (I): ENTRUDO E ZÉ PEREIRA


******************************************************




Oriundo de Portugal, onde acontecia entre o Sábado Gordo e a quarta-feira de Cinzas, na abertura da primavera, o Entrudo era realizado entre famílias amigas ou pessoas conhecidas, ganhando mais tarde as ruas, envolvendo desconhecidos, atingidos por baldes de água, farinha, cinzas, lama, onde quer que a vítma se encontasse.

No Brasil, segundo André Diniz, o Entrudo tornou-se uma das mais antigas formas de brincar o carnaval. O primeiro relato que se tem dele remonta ao Pernambuco de 1553.

Até os imperadores Pedro I e Pedro II, eram adeptos, pelo menos, da forma mais civilizada do entrudo, ou seja, limões-de-cheiro e farinhas.






Segundo a historiadora Eneida de Moraes, o português José Nogueira de Azevedo Paredes, numa segunda-feira de carnaval, por volta de 1850, em reunião com seus patrícios no Rio de Janeiro, lembrou-se dos desfiles de sua cidade natal e resolveu reproduzi-los.

Alugaram zabumbas e tambores e, liderados pelo bombo de Zé Nogueira, ganharam as ruas com tal sucesso que nos anos seguintes a farra repetiu-se. As pessoas gritavam vivas ao grupo e trocaram o "Nogueira" por "Pereira". Clubes carnavalescos passaram a desfilar com zé-pereiras, blocos e cordões também, e estava criado o primeiro símbolo do Carnaval.




No ano passado publiquei vários posts acerca da temática do Carnaval. Um que vale a pena rever é: Pequena Cronologia do Carnaval.

************
Fonte:
- Os Grandes Sambas da História. Fascículos publicados pela Ed. Globo, 1998.
- Almanaque do Carnaval, de André Diniz. -Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.

************

Exibições: 388

Comentário de Paulo Roberto Stockler em 21 janeiro 2010 às 10:17
Gostei do post histórico sobre o Carnaval, inclusive com os "caminhos" levando a outros post's, não menos interessantes, sobre o assunto.
Obrigado, Laura!!
Comentário de Laura Macedo em 22 janeiro 2010 às 1:02
Paulo,
Prazer você aparecer por aqui. Quem gosta volta, não é mesmo?
:-)))
Abraços.
Comentário de Gregório Macedo em 14 fevereiro 2010 às 2:07
Li todos de lá para cá. Visão abrangente, com detalhes bem interessantes. Bela saga, querida.
(E tudo isso com o turbilhão do Teatro de Revista!).
Beijos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço