A SAGA DO CARNAVAL (III): MÁSCARAS


******************************************************



"Difícil entender o carnaval sem as Máscaras. Sempre foi assim e, certamente, será. É o reino do faz-de-conta, dos personagens inesperados, da troca de papéis na sociedade e na vida cotidiana.

No carnaval carioca as máscaras chegaram por volta de 1834, segundo Adolfo Morales de los Rios Filho no seu livro 'Rio de Janeiro Imperial', fonte recorrente para estudiosos e pesquisadores. Nas lojas de importados era o que se encontrava, a partir do início de janeiro, vindas principalmente de Paris.

Algumas máscaras eram verdadeiras obras de arte. Existia as de cera, veludo, cetim, reproduzindo as máscaras da comedia dell'arte e de personagens teatrais que habitavam os palcos franceses e italianos. E com as máscaras vinham as fantasias". (Haroldo Costa).




O trio, talvez fosse mais pertinente dizer o triângulo, Pierrô, Arlequim e Colombina, depois que entrou não mais saiu do nosso carnaval. E inspiraram várias canções. Confiram algumas:


"Pierrô Apaixonado", de Heitor dos Prazeres e Noel Rosa. Com Joel e Gaúcho, Victor, 1935.



"Pierrô Moderno", de J.Cascata e Jaime Barcelos, com Almirante, Discos Odeon, 1937.



"História do Pierrô", de Herivelto Martins e Benedito Lacerda, com Nelson Gonçalves e Trio de Ouro, RCA Victor, 1950.



No quesito fantasia não se pode deixar de mencionar os clóvis, que seria o abrasileiramento da palavra clown, palhaço em inglês. Quando surgiram é difícil de precisar, gravuras do século XVII já registram a sua existência em nosso carnaval.

Os clóvis fazem o terror das crianças pondo-se a correr atrás delas pelas ruas. Na minha infância, na cidade de Campina Grande (PB), eles eram chamados de "papangus", e eu corria léguas com medo deles.



************
Fonte:
- 100 Anos de Carnaval Carioca, de Haroldo Costa. - São Paulo: Irmãos Vitale, 2001.
- Áudios - Instituto Moreira Salles.

************

Exibições: 263

Comentário de Marise em 23 janeiro 2010 às 21:33
Laurinha estou adorando teus posts sobre carnaval. Mais um pouco e vais chegar nas músicas do meu tempo
Beijos
Comentário de Laura Macedo em 24 janeiro 2010 às 1:51
Marise,
Estou lutando contra o tempo para publicar tudo que programei para esta série. É muita coisa, talvez não consiga preparar tudo. O post referente as canções carnavalescas, na fila, está em 13º lugar. Haja tempo e fôlego para tamanha empreitada. kkkkkkk
Adorei você ter passado por aqui, Marise.
Beijos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço