Como faria para identificar a alma brasileira. Seria uma alma penada pelos desvarios da elite devassa e corrupta? Ou quem sabe uma alma curtida nos navios negreiros, no lamento indígena, na esperança para se furtar da desesperança. Aquele sorriso malandro para escapar do compromisso sem estratégias do dia seguinte.

A malandragem dos capoeiristas, do mestre - sala, dos bordões de um sete cordas, nasceu desses gestos insensatos, quase insanos. Aquela senso de continuar sentindo, de passar por cima da chibata, e não perder a sua condição humana. A alma brasileira pode ser uma alma de muitas penas penadas, mas não é uma alma condenada, pois concebeu nossos tres genios maiores Alejadinho, Machado de Assis e Pixinguinha, entre tantos, esses são os que melhores representam essa alma vadia..

Gênios cuja obra botaram abaixo todas as teorias racistas que palreava a falsa intelectualidade reinante. Representam a alma brasileira, como em um solo de bandolim, prepontado por um cavaquinho que segue puxando os violões para um bom combate, vigiados com seriedade por um pandeiro, que não faz firulas, seguindo a tradição do mestre João da Bahia que não admitiamalabarismo..

Alma morena, cigana por convicção, por apostar no tempo e querer fabricar as linhas da mãos, que ja nascem embaralhadas predizendo um futuro de pavor, mas que a gente revira e reesceve do nosso jeito com o nosso tempero

Exibições: 89

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço