Em todos os carnavais há sempre uma música diferente que vence pela originalidade. E pouco são os cantores que se metem a gravá-las, até porque o sucesso quando se trata de músicas originais, é muito duvidoso.

 

 

Entre os poucos cantores mais acessíveis aos compositores está Henrique Foréis DominguesAlmirante (19/2/1908 - 21/12/1980).  Ele é pau pra toda obra. E isso é fácil de comprovar pelos recordes anteriores do consagrado cantor, principalmente no carnaval onde é considerado o Compositor Nº 1. Exemplo ilustrativo são as gravações das músicas “Marchinha do grande galo” (Lamartine Babo/Paulo Barbosa), “Touradas em Madri” (João de Barro/Alberto Ribeiro) e “Arca de Noé” (Nássara/Sá Roris). Esta última é uma das mais curiosas criações musicais para este ano de 1938.

 

 

 

Marchinha do grande galo” (Lamartine Babo/Paulo Barbosa) # Almirante. Disco Victor (34011-A), 1935 (gravação em 20 de dezembro) / 1936 (lançamento em janeiro).

 

 

 

 

 

 

Touradas em Madri” (João de Barro/Alberto Ribeiro) # Almirante. Disco Odeon (11550-B), 1937 (gravação em 25 de novembro) / 1938 (lançamento em janeiro).

 

 

 

 

 

 

Quando a gente fala em “Arca de Noé” lembramos logo de uma porção de animais em reboliço, metidos num vasto casarão de madeira flutuante. Pois “Arca de Noé” é isso mesmo. Os autores - Nássara e Sá Roris adaptaram os bichos do velho Noé ao carnaval carioca. Em todos os carnavais existe algo diferente, que interessa pelo que tem de exótico. Só faltava Noé trazer os seus animais e colocá-los na fuzarca. O carnaval é assim mesmo.

 

 

O Almirante lançou, em disco, os animais do velho Noé. A girafa, o leão, o macaco, o galo garnizé, cansados de viver a margem, este ano resolveram entrar no barulho. Chegaram, viram e caíram na gandaia.

 

 

Almirante não é de recusar uma parada e merece destaque por isso. E aqui fica esse destaque: Em “Arca de Noé” ele alcançou uma grande interpretação à altura da música que fez os carnavalescos virar “bichos” de verdade. A letra de “Arca de Noé” há de atravessar o carnaval "bolindo" com os nossos ouvidos.

 

 

Arca de Noé” (Nássara/Sá Roris) # Almirante e Orquestra Bountman. Disco Odeon (11.561-B) /Matriz (5722). Gravação (03/12/1937) / Lançamento (fevereiro/1938).

 

 

 

 

 

“Arca de Noé”

Lá vem o seu Noé

Comandando o batalhão

Macaco vem sentado

Na corcunda do leão

O gato faz miau

miau, miau...

O cachorro lulu

uáu, uáu, uáu, uáu...

O peru faz glu glu,

O carneiro faz me-é

E o galo garnizé

Qué, qué, qué, qué queré!

 

 

 

 

 

 

Foi pesquisando na Biblioteca Nacional (Hemeroteca Digital Brasileira) - Revista Carioca -, que encontrei a reportagem acima e resolvi adaptá-la, com pequenas alterações, a fim de compartilhar com vocês.

 

 

 

 

 

 

 

Almirante e os compositores das músicas citadas neste Post: Paulo Barbosa, João de Barro, Alberto Ribeiro, Nássara, Lamartine Babo e Sá Roris.

 

 

 

 

 

______

Agradecimentos aos amigos: Luciano Hortencio, Luiz Américo Lisboa Júnior, João Miguel e Veronica Vasconcelos (Arquivo Confraria do Chiado/Facebook) pelo envio do áudio da música - “Arca de Noé”.

______

 

 

 

 

************

Fontes:

 

- Dicionário Cravo Albin da MPB.

- Revista Carioca - nº121 / 12/2/1938 / pág. 46.

-Site do IMS (Instituto Moreira Salles).

- Site Youtube (Vídeos dos canais: lucianohortencio / TheM209)

 

************

Exibições: 379

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço