Poetisa brasileira nascida na cidade do Rio de Janeiro, então Distrito Federal, em 1952. Uma das principais poetas da geração mimeógrafo ou da chamada literatura marginal dos anos 1970. Suas primeiras poesias foram publicadas no Suplemento Literário do jornal Tribuna da Imprensa quando tinha apenas sete anos. De família culta de classe média e protestante, criou-se entre Niterói, Copacabana e os jardins do velho Bennet. Esteve um ano em Londres (1968), em intercâmbio, onde trava contato com a literatura inglesa, e na volta deu aulas, traduziu, fez letras, escreveu para revistas e jornais alternativos. Entrou para a Faculdade de Letras da PUC do Rio de Janeiro, aos 19 anos, onde se formou (1975). Foi professora de inglês e português em colégios de segundo grau e iniciou-se no jornalismo no semanário Opinião. Participou da antologia 26 Poetas hoje (1976), organizada por Heloísa Buarque de Holanda, e publicou, pela Funarte, pesquisa sobre literatura e cinema, fez mestrado em comunicação, lançou seus primeiros livros em edições independentes Cenas de Abril (1979), Correspondência completa (1979). Dez anos depois, outra vez a Inglaterra, onde, às voltas com um M.A. em tradução literária, na Universidade de Essex, escreveu muitas cartas e ao retornar, publicou Luvas de pelica (1980), escrito na Inglaterra. Deixou diversas outras obras em prosa ou poesia e em ensaios, entre as quais A teus pés (1982), Inéditos e dispersos (1985), Literatura não é documento (1980), Escritos da Inglaterra (1988), Escritos no Rio (1993). Suicidou-se no Rio de Janeiro, atirando-se do apartamento dos pais, em uma segunda tentativa de suicídio.
LEIA AQUI O “RESUMO COMENTADO” DE A TEUS PÉS

Exibições: 81

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço