Eles têm a dimensão
De seus sonhos,
Cujas asas misteriosas
Os levam a um mundo
Mais alto...
Livres
Até em minúsculas celas
De prisão,
Com o soluço
Que morre na garganta,
Vão deixando no caminho
As marcas da liberdade,
As pontes da fraternidade...
Eles têm o dom fascinante
Da loucura
E de nada vale contra eles
A tirania...
Sabem que a libertação
Traz a dor
E o sangue.
Mas eles não temem,
Pois, sob as cinzas
Da liberdade sufocada,
Estão as fagulhas
Que haverão de provocar
O incêndio
E destruir a opressão.
Ninguém se faz peregrino
Ou andarilho
Carregando bagagem
Pesada...
Por isto,
Eles vão vestidos
Apenas de sonhos
Pacificar as almas,
Demolir os muros
Da discórdia
E redimir os pecados
Dos poderosos...

Exibições: 152

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço