Aplicativo SaferTaxi corporativo reduz em 10% as fraudes

O aplicativo para pedir uma corrida de táxi promete ajudar as empresas a economizar no transporte de seus funcionários.

Presente no Brasil desde 2012, a SaferTaxi conseguiu um grande número de passageiros, taxistas, downloads diários e, mais recentemente, de  empresas interessadas na sua solução corporativa, que permite utilizar o aplicativo para controle do uso de táxis pelos colaboradores, reduzir as fraudes e o tempo de espera do veículo prestador do serviço.

A principal preocupação das companhias que mantém contratos para mobilidade urbana de seus funcionários é prevenir o mau uso dos táxis que acabaram onerando o caixa. Em razão do grande número de saídas e chegadas, a expectativa das empresas é encontrar uma forma de controle sobre esse número, além de evitar gastos desnecessários ou evitar aqueles que não ocorreram. “Com o aplicativo, as empresas esperam ter maior controle desse fluxo”, disse a general manager da Safertaxi no Brasil, Talita Lombardi.

Os dois maiores porblemas enfrentados pelas empresas é a burocraria de vouchers. “Normalmente as empresas trabalham com várias rádios e o funcionário fica perdido em qual rádio pedir. Do outro lado, quando o funcionário paga do próprio bolso e precisa esperar reembolso, a chance de fraude é enorme”, observa a executiva.

O Aplicativo SaferTaxi já é usado por algumas empresas paulistas e transformou o voucher em papel e voucher eletrônico. Nele estão configuradas as informações importantes para o financeiro das empresas. “O sistema apenas verifica as permissões que aquele funcionário tem e pode ser feito por dias da semana, orçamento mensal, horário, por departamento”, salienta Talita.

Outro ponto é que, a maior rádio de São Paulo tem 800 carros. A SaferTaxi tem hoje 4 mil taxistas cadastrados e rodando em São Paulo e 2 mil no Rio de Janeiro. “Eles podem ser encontrados a qualquer momento do dia ou da noite, o que nos faz ter uma cobertura muito maior que qualquer outra rádio”. A adesão ao sistema ocorre porque a solução corporativa oferecida pela SaferTaxi resume todas essas operações pelo aplicativo, como o local e horário da saída e da chegada.

Além disso, estão disponíveis outros dados de interesse das companhias como o trajeto, tempo médio do percurso e a avaliação estimada do preço médio para o trecho percorrido. “Desta forma, o controle será sensato, justo e a empresa poderá saber se o que pagou está dentro do previsto”, disse a executiva. Há ainda facilidades para quem utiliza o aplicativo como o pagamento por parte das empresas ou, ainda, o pagamento via cartão nos carros que possuem a máquina. “Hoje ainda não trabalhamos com cartões, mas, quando se pede um taxi, é possível no novo APP pedir um que tenha cartão, não no nosso app. Estimamos que em média 30% dos taxistas de São Paulo, aceitam cartões, no Rio o número é muito menor”, afirmou Talita.

Sucesso em São Paulo e no Rio de Janeiro onde possui mais de seis mil taxistas servindo os usuários, a SaferTaxi contribui para a segurança dos passageiros e profissionais do volante, pois elimina o uso de papel moeda. “O usuário não fica na rua, pode aguardar a chegada do carro no escritório ou local de trabalho. O motorista que usa o aplicativo não precisa ficar rodando em busca de passageiros pela cidade e se tiver a máquina elimina a presença de papel moeda”, completou Talita.

O aplicativo da Safertaxi é gratuito para todos os usuários desde o passageiro ao taxista. Ele funciona em smartphones e tablets com Android e Iphone. A empresa pretende oferecer o serviço nas cidades-sede da Copa do mundo, em 2014. O sistema permite ao usuário a escolha o modelo de carro e ter acesso a opinião do serviço prestado pelo motorista, por meio da qualificação dada por outros usuários.

Sobre a SaferTaxi

SaferTaxi (www.safertaxi.com.br) é uma empresa inovadora que tem como objetivo garantir flexibilidade, eficiência e segurança no momento da reserva de táxi. O sistema opera com uma aplicação móvel por aplicativo para versões iOS, Android e Blackberry. A empresa foi fundada em 2009 por dois estudantes da Harvard Business School, Clemens Raemy e Jonathan Lo. Hoje, por meio de uma plataforma de tecnologia inteligente, o sistema já desenvolveu uma rede de mais de cinco mil táxis entre Brasil, Argentina e Chile. Atualmente, possui como investidores a Kaszek Ventures (do mesmo co-fundador do Mercado Livre), a Draper Associates e a Otto Capital.

Exibições: 209

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço