Ela foi homenageada na canção ‘Bette Davis Eyes’, um clássico de 1981 na voz de Kim Carnes. Bette Davis agradeceu aos compositores por terem feito dela uma parte dos tempos modernos. Ícone da comunidade LGBTTTs, sua morte em 06 de outubro de 1989 foi notícia de primeira página em todo o mundo como um capítulo encerrado da Era de Ouro de Hollywood.

Depois de mais de 20 papéis no cinema, em 1934, com o papel da megera Mildred em ‘Of Human Bondage’, Bette recebeu sua primeira grande aclamação da crítica. Muitas atrizes temiam interpretar personagens antipáticos e várias tinham recusado o papel, mas Bette viu como uma oportunidade para mostrar as suas habilidades de atuação, uma qualidade mágica que transformou uma menina de olhos expressivos e sem o benefício da beleza, qualidade indispensável para os padrões hollywoodianos, em uma grande artista. Há algo deliciosamente audacioso sobre sua disposição para desempenhar emoções pouco atraentes como o ciúme, a amargura e a carência.

E Bette Davis desfrutou de uma carreira de seis décadas, fez mais de 100 filmes durante sua carreira e, suas escolhas de filme eram muitas vezes pouco convencionais, ela procurava interpretar personagens antipáticas em uma era em que atrizes geralmente preferiam personagens simpáticas e românticas. E assim, Bette ajudou a modernizar a maneira pela qual a indústria cinematográfica via as atrizes. Para quem assiste ‘What Ever Happened to Baby Jane?’, de 1962, jamais esquece Bette Davis.

Exibições: 167

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço