Vez ou outra somos inundados de e-mails via internet com campanhas nacionais de consumidores, chamando para o boicote contra algum item de nosso consumo diário.

Além do fato da disseminação de vírus quando se manda toda sua lista de amigos Cc [com cópia] e não Cco [com cópia oculta] temos outros, como ocorre nesta [nova] onda contra o aumento de combustíveis [nova, porque já tivemos outras parecidas].

No Brasil, os combustíveis são tributados em cascata

O Brasil criou um sistema sofisticado de arrecadação de impostos, que outros países procuram imitar. Não que seja justo, mas em termos de arrecadação, o Brasil é campeão mundial, não perde pra ninguém. É só olhar os exemplos: IR na fonte, folha de pagamento das empresas [só lembrando, enquanto as centrais sindicais levam "1" de seu salário, o sistema "S", patronal, leva "3"], IPI, ICMS, ISSQN etc.
Então, uma maneira até inteligente de se arrecadar é "pendurar" impostos em cascata nos produtos. É famoso aquele debate em que o então candidato, hoje presidente, não sabia o que era a CIDE, imposto incidente nos combustíveis, entre outros. Hoje, não só sabe como seu governo é cobrado para que a Contribuição sobre Intervenção no Domínio Econômico seja aplicada no verdadeiro fim que motivou sua criação.
Impostos em cascata aumentam o preço do combustível.

Como as demais distribuidoras, os postos com bandeira Petrobrás são concessões, geralmente a proprietários de um posto ou pequenas redes

Estes proprietários são financiados pela Petrobrás para implantarem os postos com suas características. Em troca, vendem os produtos dela. Então, quando você compra de um posto Petrobrás, está "comprando" o controle de qualidade implícito na marca, porque os impostos você já sabe...
Venda de combustível com bandeira de abrangência nacional, como a Petrobrás, tendem a ficar mais caros pelas razões acima.

Venda de combustível com preços cartelizados tendem a ser cada vez mais denunciados pelos consumidores, a mídia e o ministério público, que "adora" ir contra este tipo de procedimento

Preços cartelizados, ou artificialmente aumentados, tendem a durar pouco.

A venda de preços mais baixos em postos com ou sem bandeira nacional pode encobrir sonegação de impostos ou adulteração de combustíveis, fatos que volta e meia a mídia denuncia com o ministério público e Polícia Federal agindo na repressão

Ao procurar preços mais baixos neste tipo de lugar, se são desconhecidas as qualidades do produto, você pode estar pagando mais caro quando for consertar seu veículo, pois a conseqüência aparecerá.

Campanhas contra "postos Petrobrás" interessam a quem, de imediato?
Você?
Outras bandeiras nacionais, ou as chamadas "bandeiras brancas"?
O sonegador de impostos?
O adulterador de combustíveis?
Todos?

Se você pensa em aderir a um suposto boicote nacional para abaixar preços de combustíveis, que tal pensar:

Em denunciar a cartelização, ou pedir exame de qualidade no posto de combustíveis que você mais usa?

Buscar saber quais lugares de seu percurso diário pode ser feito a pé? De bicicleta? De moto? De ônibus? Metrô?

Juntar o dinheiro que economizou nisto tudo e investir nas ações da Petrobrás Distribuidora? [hehe, esta última foi uma provocação]


Da próxima vez, vá a pé. Ou de bicicleta.

Ronaldo Ferreira dos Reis, usa [pouco] o carro do filho e não abastece em posto Petrobrás.
Fevereiro. 2010.

Exibições: 122

Comentário de Ciro Cormack Junior em 9 fevereiro 2010 às 0:34
Ronaldo

Cabe acrescentar que a Petrobras detém, no Brasil, o virtual monopólio do refino de petróleo, refinando inclusive para as distribuidoras estrangeiras que atuam aqui no Brasil. Por isto, se todos deixarem de comprar em postos BR para comprar somente em postos Shell, Esso, Ipiranga, estarão, na realidade, comprando gasolina da Petrobras através destes distribuidores. A Petrobras não terá um prejuízo tão grande assim, pois a gasolina continuará sendo consumida e vendida. Somente os donos de postos de bandeira BR é que talvez possam ir a falência.

Ciro Cormack Jr.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço