Carlos Galhardo (24/4/1913 - 25/7/1985), filho de pais italianos, nasceu na Argentina, mas antes de completar um ano já estava em solo brasileiro (São Paulo).

 

 

Ao logo da carreira de cantor gravou inúmeros discos, tornando-se especialista em músicas românticas, sobretudo valsas e canções. Teve uma importante participação na luta pelos direitos autorais e de interpretação no Brasil.

 

 

Foi um dos cantores que mais vendeu discos no Brasil; sua vendagem de discos de 78 rpm (cerca de 580 gravações) só foi menor do que a de Francisco Alves. Sua popularidade entre as décadas de 1940 e 1950 foi tão grande que era apresentado como "Carlos Galhardo, o cantor que dispensa adjetivos". Foi conhecido também como "O rei da valsa".

 

 

 

 

 

 

 

Em 1957 gravou o excelente disco - Sambas de Ontem -, provando que também é um craque interpretando sambas.

 

 

 

LADO 1

 

 

 

"O correio já chegou" (Ary Barroso).

 

 

 

 

 

Quero morrer cantando” (Walfrido Silva)

 

 

 

 

 

Fui louco” (Bide)

 

 

 

 

 

Saudade dela” (Ataulfo Alves)

 

 

 

 

 

 

LADO 2

 

 

 

Se você jurar” (Ismael Silva/Francisco Alves/Nilton Bastos)

 

 

 

 

 

A malandragem” (Bidê/Francisco Alves)

 

 

 

 

 

Mágoas de vagabundo” (Walfrido Silva/Oswaldo Silva)

 

 

 

 

 

Divina dama” (Cartola)

 

 

 

 

 

 

 

************

Fonte:

 

- Toque Musical (download do LP).

- Almanaque da Rádio Nacional, de Ronaldo Conde Aguiar. – Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2007.

 

************

 

Exibições: 115

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço