Portal Luis Nassif

Carnaval Cultural RIO 2017 @ 12 fev. Myrian Pérsia será coroada " Rainha dos Artistas " Feijoada da Paula Goodarth " ESTUDANTINA MUSICAL Praça Tiradentes

a " Feijoada da Paula Goodarth " já é um destaque do Carnaval Carioca. Este ano será na tradicional " ESTUDANTINA MUSICAL "

Praça Tiradentes, 79 / Centro Histórico RJ 

Em 1942, a Estudantina se instalou na Praça Tiradentes que era, na época, o grande reduto do teatro de revista, por onde desfilavam vedetes, bailarinos, atrizes, coreógrafos, enfim, todos os envolvidos nesse tipo de espetáculo, então chamado de “ teatro rebolado”.

https://www.facebook.com/feijoadadecarnavalpaulagoodarth/

Myrian Pérsia será coroada " Rainha dos Artistas " a festa acontece no dia 12 de Fevereiro de 2017, na Praça Tiradentes, 79  

" o ator FERNANDO RESKi será o " REI DA FEIJOADA " e da animação na Praça Tiradentes "     Milton Gonçalves 

" Feijoada com Artistas é receita de Sucesso"

Jorge Coutinho Presidente SATED/RJ

uma deliciosa Feijoada, Samba e Muita Alegria

 " Em 1974 Vanda Lacerda passou a coroa para Sandra Bréa, era um evento tradicional, o Baile do Carnaval Carioca "  Hugo Gross 

capa da revista Amiga com Vanda Lacerda, Sandra Bréa e o Rei Momo no carnaval de 1974

a elegância do Império Serrano com Myrian Pérsia— em Sambódromo da Marquês de Sapucaí.
 
" a atriz que ficou eternizada para o Império Serrano como a pequena notável foi Myriam Pérsia. Aquele foi seu primeiro desfile na escola, mas não o último. Myrian está conosco até hoje. Faz questão de desfilar, onde quer que o Império esteja. Se não é procurada pela diretoria, toma a iniciativa de procurar: sai em carro, sai em ala, sai de qualquer maneira. Acho que se fosse preciso empurraria alegoria. Ou tripé, mais condizente com sua figurafranzina e elegante... O que quero dizer é que Myrian Pérsia, naquele longínquo 1972, aprendeu a amar a escola. E o Império Serrano a ama também: muitas vezes, na concentração, surge a pergunta: onde Myrian Pérsia vai desfilar? Porque não passa pela cabeça do componente que ela fique de fora.

Myrian Pérsia  atriz do teatro, cinema e televisão 

Destacou-se como grande protagonista das novelas da Rede Globo, no início da emissora, no fim dos anos 60 e início dos anos 70.

Entre os vários sucessos em telenovelas, destacam-se "Sangue e Areia" (1968), "A Grande Mentira" (1968), "Rosa Rebelde" (1969), "Véu de Noiva" (1969), "Irmãos Coragem" (1970), "O Espigão" (1974), "Plumas & Paetês" (1980), "Sétimo Sentido" (1982) e "O Sexo dos Anjos" (1989).

Em 2008, destacou-se como Mariana Mayer em Os Mutantes - Caminhos do Coração: por a personagem contar muitas histórias sobre ReptilianosAtlântidaLemúria e Agartha.

 

'Não me considero uma musa. Sou uma atriz''. A palavras ditas numa reportagem ao Canal Brasil refletem bem a humildade e simpatia da atriz Myrian Persia, uma das diretoras do SATED/RJ e associada desde 22 de novembro de 1967.  Pouca gente sabe mas Myrian era tenista antes de se tornar atriz e começou a fazer curso no Teatro Duse, de Paschoal Carlos Magno, em Santa Teresa, escondida dos pais, quando tinha apenas 11 anos. No teatro fez parceria com Raul Cortez rodando o país com Xeque ou Mate. No cinema, o primeiro filme foi O Grande Momento, de 1958. Ela também fez A Distração de Ivan, O Viajante e O Sequestro, entre muitos outros. A Amizade com a saudosa Leila Diniz também rendeu frutos. Foi Leila a responsável por Myrian trabalhar em sua primeira novela Sangue e Areia, de 1968. ''Gosto de estar no teatro que sempre foi a minha grande paixão, mas as pessoas só se lembram de quem está na tv'', disse a atriz em certa ocasião. A atriz, que foi casada com Jardel Filho com quem teve a única filha Tânia Boscoli, atuou em A Grande Mentira, Véu de Noiva, Sétimo Sentido, A viagem, O Espigão e muitas outras. Em determinada época Myrian fazia tanto sucesso que chegou a aparecer concomitantemente em duas novelas. Dias Gomes e Janete Clair, marido e mulher, inovaram ao cruzar a trajetória de personagens de duas novelas diferentes exibidas à mesma época. Flor (Myriam Pérsia), de Véu de Noiva, de autoria de Janete Clair, ao procurar um tratamento para engravidar, foi se consultar com o médico Flávio (Paulo Goulart), de Verão Vermelho (1969), escrita por Dias Gomes. A sequência foi gravada duas vezes, uma para cada novela. No carnaval Myriam também brilha defendendo sempre sua escola querida, Império Serrano




Exibições: 163

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

Blogs Brasilianas

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço