Celso Amorim: diálogo como instrumento de influência nas relações exteriores

O ex- chanceler Celso Amorim em entrevista a BBC Brasil abordou vários temas relacionados ao papel do Brasil no Oriente Médio, Irã, política externa brasileira e a visita de Obama ao Brasil.
Segundo o ex-chanceler, Obama poderia  ter "... criado uma aliança mais sólida e isso teria contribuído para uma relação de confiança profunda...vai continuar tudo como estava".  O apoio explícito ao Brasil e suas pretensões no Conselho de Segurança da ONU, a retirada de barreicas comerciais no mercado americano a produtos brasileiros poderiam significar uma aliança sólida e de confiança mútua.
Para Amorim os EUA dão sinais controversos no apoio a Índia e apreço ao Brasil:
"A Índia é mais populosa que o Brasil, mas o Brasil em compensação tem três vezes o território indiano. Ambos são democracias estáveis, com influência regional. A diferença fundamental é que a Índia tem bomba atômica e o Brasil não tem. Como você pode ser ao mesmo tempo a favor da não proliferação (de armas nucleares), e, no caso de dois países que são razoavelmente comparáveis, apoiar um país e não apoiar o outro?"
Obama é vencedor do prêmio Nobel da Paz, mas seu governo parece patinar na oportunidade de liderar uma reforma da ONU e de seus aparatos que sustentam a paz.

Confira os principais trechos da entrevista de Celso Amorim, CLIQUE AQUI>>>

Exibições: 57

Comentário de Francisco de A. P. da Silva em 27 março 2011 às 15:13
Quando é que o comitê do nobel vai pedir de volta esse prêmio? Como podem Obama, Tutu e Mandela ostentar o mesmo prêmio sobre alguma coisa, principalmente se essa coisa é um prêmio pela postura pacifista?

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço