Portal Luis Nassif

Centenário de Carolina Cardoso de Menezes

Carolina Cardoso de Menezes Cavalcanti
*27/05/1916 - Rio de Janeiro (RJ)
+31/12/1999 - Rio de Janeiro (RJ)

No Centenário de nascimento da pianista Carolina Cardoso de Menezes, vamos homenagea-la destacando suas performances como Compositora, Intérprete e alguns Discos da sua vasta Discografia.

Foto publicada na Revista Carioca / Edição 920 / Página 48 / Ano 1953.

A Compositora

Neste tópico destacaremos algumas das suas composições solos interpretadas pela própria autora. Com exceção da composição “Expressinho”, todas as outras são inéditas no YouTube.  

"Good bye” (Carolina Cardoso de Menezes) # Carolina Cardoso de Menezes (piano). Disco Parlophon (13.301-A) / Matriz (131099), 1931.

Eu passo” (Carolina Cardoso de Menezes) # Carolina Cardoso de Menezes (piano). Disco Parlophon (13.301-B) / Matriz (131100), 1931.

Comigo é assim” (Carolina Cardoso de Menezes) # Carolina Cardoso de Menezes (piano). Disco Odeon (11.120-A) / Matriz (4807). Gravação (27/03/1934) / Lançamento (maio/1934).

Preludiando” (Carolina Cardoso de Menezes) # Carolina Cardoso de Menezes (piano). Disco Odeon (11.120-B) / Matriz (4808). Gravação (27/03/1934) / Lançamento (maio/1934).

Novidade” (Carolina Cardoso de Menezes) # Carolina Cardoso de Menezes (piano). Disco Odeon (11.262-A) / Matriz (5104). Gravação (20/07/1935) /Lançamento (setembro/1935).

A jovem Carolina Cardoso de Menezes, em dezembro de 1939, participou do “Festival Nazareth” promovido pela Escola Nacional de Música. E fez bonito em meio a várias autoridades e promessas artistas masculinas.

Sobre a performance de Carolina, escreveu Mário de Andrade: “Foi ela a grande nota pianística do festival executando (...) com uma graça, uma naturalidade, uma untuosidade sonora e uma riqueza de acentos de deliciosíssimo caráter. Ela era a verdadeira tradição”.

Pombo correio” (Carolina Cardoso de Menezes) # Carolina Cardoso de Menezes (piano). Disco Sinter (001-A) / Matriz (S-1). Lançamento (agosto/1951).

Expressinho” (Carolina Cardoso de Menezes) # Carolina Cardoso de Menezes (piano). Disco Sinter (045-B) / Matriz (S-92), 1951.

Derrapando na Gávea” (Carolina Cardoso de Menezes) # Carolina Cardoso de Menezes (piano). Disco Odeon (13.889-B) / Matriz (10609) Gravação (03/06/1955) / Lançamento (setembro/1955).

Samba no Rio” (Carolina Cardoso de Menezes) # Carolina Cardoso de Menezes (piano). Disco Odeon (14.191-A) / Matriz (11602). Gravação (14/03/1957) / Lançamento (maio/1957).

Outros intérpretes gravam composições de Carolina Cardoso de Menezes.

Salada chinesa” (Carolina Cardoso de Menezes/Vitorio Lattari) # Francisco Alves e Vitorio Lattari. Disco Odeon (10.911-A) / Matriz (4419). Gravação (19/03/1932).

Nossa melodia” (Carolina Cardoso de Menezes/José Carlos Lisboa) # Francisco Alves. Disco Odeon (11.722-A) / Matriz (6041). Gravação (28/03/1939) / Lançamento (maio/1939).

Tudo cabe num beijo” (Carolina Cardoso de Menezes/Osvaldo Santiago) # Altemar Dutra. Álbum Altemar Dutra Murmura o Mar”, 1968.

Tu, só tu” (Carolina Cardoso de Menezes/Armando Fernandes) # Cauby Peixoto. Disco Columbia (CB10152-A) / Matriz (CBO442). Lançamento (junho/1955).

Esquina da vida” (Carolina Cardoso de Menezes/Armando Fernandes) # Ângela Maria. Disco Copacabana (5451-B) / Matriz (M-1202). Lançamento (setembro/1955).

A Discografia de Carolina Cardoso de Menezes é vastíssima. Selecionamos alguns dos seus discos oriundos de várias gravadoras.

O violonista Garoto, em 1942, juntou-se a jovem pianista Carolina Cardoso de Menezes para começar o que viria a ser uma serie de cinco Discos 78 rpm, totalizando 10 músicas. Essas músicas foram reeditadas na década de 1950.

Amoroso” (Aníbal Augusto Sardinha [Garoto]) # Carolina Cardoso de Menezes/Garoto. Disco Victor (80-0003-B) / Matriz (S-052596). Gravação (31/07/1942) / Lançamento (outubro/1942).

Carinhoso” (Pixinguinha) # Carolina Cardoso de Menezes (piano) / Garoto (violão). Disco Victor (80.0061-B) / Matriz (S-052695). Gravação (12/01/1943) / Lançamento (março/1943).

Se acaso você chegasse” (Felisberto Martins/Lupicínio Rodrigues) # Carolina Cardoso de Menezes. LP Odeon / Série “10 Polegadas”, 1954.

Jura” (Sinhô [José Barbosa da Silva]) # Carolina Cardoso de Menezes (piano). LP Odeon/EMI da Série "10 Polegadas”,1954.

Atire a primeira pedra” (Ataulfo Alves/Mário Lago) # Carolina Cardoso de Menezes. LP Odeon/Emi / Série “10 Polegadas Odeon”, 1955.

É com esse que eu vou” (Pedro Caetano) # Carolina Cardoso de Menezes. LP Odeon/EMI. “Série 10 polegadas Odeon, 1955.

Bem-ti-vi atrevido” (Lina Pesce [Magdalena Cantarella Pesce]) # Carolina Cardoso de Menezes (piano/arranjo) / Fafá Lemos (violino) / Lilian Carmona (bateria) / Sabá [Sebastião Oliveira Paz] (contrabaixo). Gravadora Eldorado/Produtor: Zuza Homem de Mello. LP 1989.

No rancho fundo” (Ary Barroso/Lamartine Babo) # Carolina Cardoso de Almeida (piano/arranjo) / Fafá Lemos (violino). Gravadora Eldorado/Produtor: Zuza Homem de Mello. LP 1989.

Odeon” (Ernesto Nazareth) # Carolina Cardoso de Menezes. Disco Sinter (314-A) / Matriz (S-473), 1954.

Escorregando” (Ernesto Nazareth) # Carolina Cardoso de Menezes. Disco Sinter (219-B) / Matriz (S-486), 1953.

Vai haver barulho no chateau” (Noel Rosa/Valfrido Silva) # Carolina Cardoso de Menezes. Álbum “Boite Carolina”, 1957.

Despedida de Mangueira” (Benedito Lacerda/Aldo Cabral) # Carolina Cardoso de Menezes. Álbum “Boite Carolina”, 1957.

Faceira” (Ary Barroso) # Carolina Cardoso de Menezes. Álbum Teleco Teco, 1957.

Praça onze” (Herivelto Martins/Grande Otelo) # Carolina Cardoso de Menezes. Álbum Teteco Teco, 1957.

O excelente disco acima me foi presenteado pelo amigo Georges Miraut, filho do grande Aloysio de Alencar Pinto, compositor, pianista, musicólogo e folclorista, além de professor, pesquisador, diretor de rádio e integrante de várias instituições ligadas à área cultural. Confiram uma das faixas.

Luar de Paquetá” (Freire Júnior) # Carolina Cardoso de Menezes (piano). Disco Sinter - “Reminiscências de Carolina Cardoso de Menezes” (090-A) / Matriz (S-190). Lançamento (outubro/1951).

Carolina Cardoso de Menezes e o escritor/pesquisador Jairo Severiano

A nossa homenageada, ao longo da sua trajetória profissional, edificou a nossa Música Popular Brasileira com sua comprovada arte pianística e atuações como compositora e intérprete deixando para a posteridade um legado imensurável à cultura brasileira.

Pesquisando na internet não encontrei infelizmente nada alusivo a tão importante data que é a comemoração do Centenário de Carolina Cardoso de Menezes. Como pode alguém que tanto contribuiu à história da Música Brasileira seja pouco lembrada, em âmbito acadêmico ou fora dele?

_____

Agradecimentos especiais ao jornalista, escritor e pesquisador Miguel NIREZ Azevedo pela liberação dos fonogramas: “Good bye”, “Eu passo”, “Comigo é assim”, “Preludiando”, “Novidade”, “Pombo correio”, “Derrapando na Gávea” e “Samba no Rio”.

______

************

Fontes:

- Áudios SouldCloud /Montagem: Laura Macedo.

- Banco de Dados do Acervo Nirez (AQUI).

- Dicionário Cravo Albin da MPB (AQUI).

- Fotos: Revista Carioca / Acervo pessoal e da internet.

- Fotomontagem: Laura Macedo.

- Site #Radinha / Áudios.

- Site YouTube / Canais: “Igor Tavile”, “Canal de amogo1000”, “luciano hortencio”, “N2010R”, “Irapuan Marques da Silva”, “SenhorDaVoz”, “BlackRoundRec”, “FePiu”.

 

************

Exibições: 190

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço