chegou a Hora da Festa, apoie divulgue, VÁ AO TEATRO CULTURA RIO @ te espero no FESTIVAL

FESTIVAL DE TEATRO CIDADE DO RIO DE JANEIRO – 7ª Edição

Prêmio Arlequim de Teatro

TEATRO PRINCESA ISABEL

Av. Princesa Isabel, 186 – Copacabana.

Tel.: 2275.3346

De 09 de maio a 07 de junho: Fase competitiva do Festival direcionado ao
público infantil, aos sábados e domingos, às 17h, totalizando 10
espetáculos.

De 12 de maio a 4 de junho: Fase competitiva do Festival direcionado ao
público adulto, as terças, quartas e quintas às 21h, totalizando 12
espetáculos.

http://teatrofest.com

De 09 de maio a 07 de junho, o Teatro Princesa Isabel será palco da 7ª
Edição do Festival de Teatro da Cidade do Rio de Janeiro. Neste ano, serão
apresentados 22 espetáculos, sendo que 12 são voltados ao público adulto e
dez ao infantil. Para esta edição, a organização recebeu 276 inscrições de
diversos grupos e companhias teatrais cariocas.

Entre as peças que concorrerão ao Prêmio Arlequim de Teatro estão montagens
de clássicos teatrais, como Boca de Ouro de Nelson Rodrigues, O Alienista de
Machado de Assis e O Judas Em Sábado de Aleluia de Martins Pena. A premiação
também dá lugar a novos escritores e grupos, como a peça Campo Minado,
escrita por Ana Paula Chaib, e Mulher: Feminino Plural, estrelada pelo Grupo
Teatral Mania dos Quatro.

Serão premiados os melhores nas seguintes categorias: melhor espetáculo,
diretor, ator, atriz, ator coadjuvante, atriz coadjuvante, cenógrafo,
figurinista, produtor, autor e iluminador. Além do Troféu Arlequim, os
vencedores também ganham uma temporada de um mês com todas as despesas
pagas. A comissão julgadora é formada por Déborah de Oliveira , Delcio
Marinho Gonçalves , Denise Zuzianne , José Eudes , Kátia Saules e Sérgio
Miguel Braga.

Programação

Festival Adulto
12/05 - 21h - Boca de Ouro
13/05 - 21h - Anne Frank - O Musical
14/05 - 21h - Mulher na TPM Até o Diabo Treme
19/05 - 21h - O Alienista
20/05 - 21h - As Artimanhas de Scapino
21/05 - 21h - Século do Artur
26/05 - 21h - Campo Minado
27/05 - 21h - Quadrilha
28/05 - 21h - Aparente Mente
02/06 - 21h - Mulher: Feminino Plural
03/06 - 21h - O Judas em Sábado de Aleluia
04/06 - 21h - Alice - A Síndrome

Festival Infantil
09/05 - 17h - Utopia a Cidade dos Sonhos
10/05 - 17h - A Mágica dos Brinquedos
16/05 - 17h - Aprendiz de Feiticeiro
17/05 - 17h - O Corcunda de Notre Dame
23/05 - 17h - Pinóquio - O Retorno
24/05 - 17h - A Arca dos Bichos
30/05 - 17h - Mirona, A Princesa Chorona
31/05 - 17h - Bobos
06/06 - 17h - O Pierrô Apaixonado e a Bailarina Sem Corda
07/06 - 17h - A Mágica dos Sonhos


@ FESTIVAL ADULTO ( ficha técinca e resenhas )

12 de maio
Boca de Ouro
de Nelson Rodrigues
Direção: Marcelo de Barros
produção: Marcelo de Barros
Cenografia: Marcelo de Barros
Figurinos: Companhia Teatro Arte Dramática
Iluminação: Marcelo de Barros
Companhia Teatro Arte Dramática
Com Evandro Miúdo, Rodrigo da Rocha, Vera Monteiro, Diogo Pivari, Júlio
Targueta, Silvio Matos, Márcia Di Milla, Raquel Penner, Bruno Araújo,Evando
Moreira, Poliana Helena, Tati Augusto.
Sinopse: 'Boca de Ouro' é bicheiro do subúrbio, típico malandro carioca, e
tem esse nome porque, ao subir na vida, trocou os dentes perfeitos por uma
dentadura de ouro. Quando 'Boca' é assassinado, o repórter de um jornal
sensacionalista, incumbido de investigar o seu passado, tem uma idéia
brilhante - investigar dona Guigui, a volúvel e passional ex-amante do
contraventor, uma mulher que a depender de seus humores conta a cada vez uma
nova versão para as mesmas histórias.

13 de maio
Anne Frank- O Musical
De Michael Cohen e Enid Futterman
Tradução: Amir Geiger e Karina Halfen
Direção: Isaac Bernat
Produção: Bettine Lazaroff e João Ribeiro
Cenografia: Joana Passi
Figurinos: Franci Cytryn
Iluminação: Aurélio de Simoni
Direção musical: Mauro Perelmann
Direção de Movimento: Marcia Rubin
Preparação vocal:Tânia Apelbaum
Grupo Teatral Amigos de Anne
Com Amanda Halfen, Ana Rosemblatt, Diana Vaisman, Gabriele Sellegar,
Guilly Haiat, Jose Frajtag, karin Dreyer, Leticia Roisemberg,
Marco Santos, Natalie Starec, Neti Szpilman, Pedro Kligerman, Rodrigo Amém,
Tania Apelbaum.
Sinopse: Os pensamentos e sentimentos de uma adolescente, que durante a II
Guerra Mundial escondeu-se com a família durante dois anos, tentando escapar
da execução pelos nazistas, tornaram-se, transcendendo barreiras culturais,
nacionais e linguísticas, um dos livros mais lidos da literatura
contemporânea. Em homenagem à Anne Frank, que completaria 80 anos se tivesse
sobrevivido ao holocausto, o Grupo Amigos de Anne apresenta Anne Frank - O
musical, adaptação comovente de seu diário pela primeira vez montada no
Brasil.
O espetáculo é uma oportunidade de perpetuar, através da música, as palavras
de otimismo da jovem que nunca perdeu a fé na humanidade.

14 de maio
Mulher na TPM até o Diabo Treme
De Giane Carvalho, Márcia Venina, Marlei Braga
Direção, produção, cenografia, figurinos e Iluminação: Giane Carvalho,
Márcia Venina, Marlei Braga
Grupo As Bastianas
Com Giane Carvalho, Márcia Venina, Marlei Braga
Sinopse: Três palhaças falam do universo feminino em forma de palestra,
enquanto contam uma história da cultura popular. Espetáculo adulto,
destinado principalmente às mulheres, que trata justamente das etapas
‘complicadas’ pelas quais o sexo feminino passa durante a vida. “Mulher na
TPM até o diabo treme” é um espetáculo que, com muito humor e leveza,
descortina a realidade do cotidiano das mulheres. Fala de amor, paixão,
marido, filhos e de tudo o que faz parte do universo feminino.

19 de maio
O Alienista
Adaptação da obra de Machado de Assis
Direção: Eduardo Vaccari
Produção: Ricardo Cabral e Rakel Cogliatti
Cenografia: Eduardo Vaccari
Figurinos: Alice Sento Sé, Sueanne Otsuka e Tainá Carvalho
Iluminação: Anna Paula Ganter
Músicas: Fabio Calderon, Leandro Machado, Victor Rosa e Eduardo Vaccari
Design Gráfico: João Miller
A Incrível Companhia de Artes e Entretenimentos do Sr. Cosme
Com Rakel Cogliatti, Ricardo Cabral, Luisa Phebo, Leandro Machado,Gisele
Bertin, Fabio Calderon, Antonio Bueno, João Miller, Clarissa Diniz, Victor
Rosa,Karina de Moraes, Marcela Capobianco, Sofia Paciullo.
Sinopse: Quando o Dr. Simão Bacamarte anuncia que construirá um edifício
para abrigar e tratar todos os loucos de Itaguaí e das cidades vizinhas, a
população da pequena vila mostra-se intrigada com tão ousada proposta. No
entanto, os ânimos começam a se exaltar quando, pouco tempo depois, todos os
moradores começam a ser recolhidos à Casa Verde. Itaguaí estava à beira de
uma revolução.

20 de maio
As Artimanhas de Scapino
de Molière
Tradução: Carlos Drummond de Andrade
Direção: Alceu Guilhen
Produção: Grupo Teatral Art&Fato
Cenografia: Alceu Guilhen
Figurinos: Neusa Lopes
Iluminação: Dyego Summar
Grupo Teatral Art&Fato
Com Alceu Guilhen, Fabiana Lopes, Nádia Oliveira, Monique Saviolly, Natália
Menezes, Gabriela Ágata, Silvia Carvalho, Aclécio Araújo, Eduardo de Lucas.
Sinopse: Na ausência de seus respectivos pais, Otávio casa-se com Jacinta -
uma jovem pobre e de passado misterioso - e Leandro apaixona-se pela cigana
Zerbineta. Mas os pais regressam antes do esperado com planos de casamento
para os filhos. Desesperados e precisando de dinheiro para manter o
compromisso jurado às moças, os rapazes recorrem a Scapino, criado de
Leandro, famoso por sua esperteza. Lançando mão de truques e artimanhas -
além da ajuda de Silvestre, o medroso criado de Otávio - Scapino arquiteta
situações engenhosas para tentar arrancar dos velhos avarentos o dinheiro
necessário para fazer triunfar o amor.

21 de maio
O Século do Artur
Dramaturgia e Direção: Edvard Vasconcellos
Adaptação de contos de Artur Azevedo
Produção: Companhia do Século
Cenografia: Cléia Tomaz, Edvard Vasconcellos, José Fagundes
Figurinos: Ricardo Rocha
Iluminação: Renato Lima
Cia do Século
Com Ana Dias, Beto Malvão, Cléia Tomaz, Fátima Souza, José Fagundes, Kleber
Campisi, Luis Andrarresis, Márcia Borges, Olivia Di Oliveira, Edvard
Vasconcellos e Sarah Souza.
Sinopse: Comédia baseada em contos de Artur Azevedo, escritos no jornal O
SÉCULO, fundado por ele em fins do século XIX. Das páginas de seus contos
brotaram libelos sobre o carnaval, sobre a criação do Teatro Municipal,
sobre a vida pública e privada de um Brasil que só conhecemos nas páginas
dos livros. O espetáculo traça um simpático e fiel documento sobre a cidade
do Rio de Janeiro e se propõe a agregar o mais puro entretenimento ao
resgate de certa memória social brasileira, sempre com muito humor.

26 de maio
Campo Minado
De Ana Paula Chaib
Direção: Gustavo Rizzotti
Produção: Paula Goja
Cenografia: Os sem teatro
Figurinos: Cristina Chaib
Iluminação: Gustavo Rizzotti
Cia Os Sem Teatro
Com Ana Paula Chaib e Paula Goja
Sinopse: Um impiedoso duelo de convivência onde o objetivo central é a fuga
da solidao.
Nesta realidade absurda as palavras são armas que podem configurar
verdadeiras bombas emocionais: a vitória é apenas um ponto de vista.

27 de maio
Quadrilha
De Jomar Magalhães
Direção: Nelson Domingues
Produção: Cia. Teatral Casa dos Azulejos
Cenografia: Nelson Domingues
Figurinos: Sandra Lessa
Iluminação: Gustavo Weber
Cia.Teatral Casa dos Azulejos
Com Adriana Amarante, Alex Ferreira, Bárbara Lane, Bruno Silva, Camila
Moraes, Carolina Barbato, Carolinne Nunes, Christian Carlos, Fernanda
Cardoso, Gilberto Costa, Johnny Vieira, Lucienne Moura, Marcelo Rodrigues,
Paulo Américo, Rodrigo Sena, Ubiratan Valério.
Sinopse: Tragicomédia desenvolvida a partir do poema "quadrilha" de Carlos
Drummond de Andrade.
A fictícia cidade de Mirandela do Norte aguarda com ansiedade o maior
acontecimento de sua história: três casamentos em um mesmo dia! Ocorre que
faltando apenas vinte dias para o grande evento, as três noivas desistem do
casamento, deixando toda a cidade em polvorosa. Atordoado e sofrendo
diversas cobranças, o padre busca - numa contagem regressiva - reaver os
casais. Mas quanto mais se empenha, mais os resultados se lhe saem às
avessas. Assim sendo, parece-lhe só haver uma saída; e é esta a que ele
escolhe.

28 de maio
Aparente Mente
Texto e direção: Mauro Marques
Produção: Diego Sant’ana
Cenografia: Mauro Marques
Iluminação: Diego Sant’ana e Anauã Vilhena.
Figurinos: Os Filhos da Santa
Os Filhos da Santa – Grupo Teatral
Com Diego Sant'ana, Eduardo Fraga DK, Fernanda Maria Daniel, Gabriel Fraga,
Iamonã Vilhena, Jéssica Pereira, Luana Menezes, Natália Trotte, Palloma
Campello, Vanessa Ferreira, Victor Newlands e Leonardo Tito
Sinopse: Os Filhos da Santa é um grupo oriundo do Colégio Santa Mônica e faz
sua estréia no Festival de Teatro Cidade do Rio de Janeiro-2009. A peça
utiliza como plataforma de sustentação o humor, às vezes cáustico,
irreverente e, outras vezes, absurdo e escatológico que tratam de
importantes temas atuais: violência, lazer, velhacarias, ciúmes,
profissionalismo, estrelato, poesia, educação, etiqueta, futilidades, morte,
sentido da vida, cultura, separações, burocracia, sexualidade,
comportamento, medo, saúde, loucura, desmistificação. Todos os temas são
permeados pela discussão sobre a verdadeira importância das aparências no
mundo de hoje, quando, cada vez mais, somos julgados por aquilo que
aparentamos ser e não aquilo que realmente somos.

02 de junho
Mulher: Feminino Plural
De Bruno Santoro
Direção: Grupo Teatral Mania dos Quatro
Produção: Léo Andrade e Bruno Santoro
Cenografia: Eric Fuly
Figurinos: Robson Rozza
Iluminação: Léo Andrade
Grupo Teatral Mania dos Quatro
Com Robson Rozza
Sinopse: Uma mulher, durante o velório do marido, começa a contar, enquanto
serve café, como era a sua relação com o finado durante os trinta anos em
que conviveram. As descobertas, as intrigas, as omissões, os desejos, todos
os sentimentos vêm à tona, num misto de confissão e desabafo. Mulher:
Feminino Plural esboça quadros de sentimentos nada singulares, revelando que
o amor e o ódio, o doce e o amargo estão mais próximos do que se supunha;
estão dentro de cada um.

03 de junho
O Judas em Sábado de Aleluia
De Martins Pena
Direção: Guedes Ferraz
Produção: Guedez Ferraz
Cenografia: Guedes Ferraz
Figurinos: Marcele Fernandes
Iluminação: Edilson Sales
Centro de Pesquisas Teatrais de Duque de Caxias
Com Natália Ramos, Marcelle Fernandez, Paulo César, Edilson Sales,
Alex Fabiani, Jessé Cabral, Bianca e Evelin.
Sinopse: Uma das mais célebres comédias de Martins Pena, em ato único. Sua
ação é contemporânea a sua estréia, isto é, passa-se no ano de 1844, é
ambientada no Rio de Janeiro imperial. As situações burlescas criadas pelo
autor revertem-se numa acirrada crítica dos costumes urbanos.
Esta comédia é uma mostra significativa de situações e de tipos bem
acabados: O sapateiro José Pimenta, por exemplo, que abandona seu ofício e
ingressa na Guarda Nacional no afã de melhorar sua vida e usufruir dos bens
do Estado.
Suas filhas – Chiquinha, sisuda e trabalhadeira, e Maricota, alegre e
namoradeira, além de outros tipos que comparecem no enredo, tais como
Faustino – um dos namorados de Maricota – e o Capitão Ambrósio, outro
cortejador da moça.

04 de junho
Alice – A Síndrome
de Priscilla Matsumoto
Direção - Christina Rodrigues
Produção - Priscilla Matsumoto, Matheus Vieira
Cenografia - Cia. Teatral Lexovense
Figurinos - Priscilla Matsumoto
Iluminação - Christina Rodrigues
Coreografia – Simone Webler
Companhia Teatral Lexovense
Com Marcella Matsumoto, Giuseppe Marin, Denise Nascimento, Simone Webler,
Lucas Parrini, Priscilla Matsumoto, Mariana Berardinelli, Felipe
Machado, Taís Feijó.
Sinopse: Alice, uma jovem interna de um sanatório, ouve vozes que não a
deixam dormir, mas que aparentemente tentam alertá-la de algo. Sem conseguir
distinguir o significado de tais sussurros noturnos e entorpecida por
pílulas para dormir, ela é levada à sua mais perturbadora alucinação: um
lugar que abriga criaturas tão ou mais insanas que ela própria. “Alice, a
síndrome” é uma versão incomum e surpreendente do famoso livro de Lewis
Carroll, desnudando a loucura, o nonsense e o absurdo presentes na clássica
obra de fantasia.

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


# FESTIVAL INFANTIL

09 de maio
Utopia a cidade dos sonhos
De Érick Debossan
Direção: Bruna Campello e Bruno Quaresma
Produção: Bruna Campello
Cenografia e figurinos: Emanuel Duart
Iluminação: Deco mansilha
Clã de nós
Com Amanda Paiva, Léo Castro, Bruno Quaresma, Bruna Campello, Érick
Debossamn.
Sinopse: Estão desaparecidos os personagens das histórias infantis. Por isso
Lua, menina que não gosta de ler, é transportada para Utopia, a cidade dos
sonhos. Neste lugar fantástico ela deve desvendar através de charadas quem é
o responsável pela destruição dos livros, e conseqüentemente pelos
misteriosos desaparecimentos. Entre bailes, planos infalíveis, risos, e
confusões junto aos sobreviventes utopianos, Lua se depara com importantes
questões, como a importância da leitura, o trabalho em conjunto, o valor do
perdão, e como os rotulados “sonhos impossíveis” podem se realizar se
escrevermos nossa própria história.

10 de maio
A Mágica Dos Brinquedos
Texto e Direção: Michely Victtorino
Produção: Sheila Ferreira
Cenografia e Iluminação: Rafael Leal
Figurinos: Neiva Mota
Grupo In´cena
Com Diego de Lima, Miguel Calazans, Yume, Sheila Ferreira, Carol Braga,
Michely Victtorino, Tamara Lima.
Sinopse: A história de uma menina que maltrata muito os seus brinquedos. Um
dia os brinquedos resolvem dar uma lição na menina.

16 de maio
Aprendiz de Feiticeiro
De Maria Clara Machado
Direção: Patrícia Teles
Produção: Luciana Barboza
Assistente de direção: Isadora Malta
Cenografia: Bia Barbiere e Elisa Emmel
Figurinos: Virginia Assanti
Iluminação: Mariana Couto e Thaísa Areia
Assistente de figurinos: Carolina Morgado e Juliana Crispin
Contra-regra: Ricardo Lemos
Grupo Barnardina
Com Adassa Martins, Caio Riscado, Gustavo Henrique, Pedro Pedruzzi,Tomás
Braune.
Sinopse: Após receber um chamado urgente, o cientista Uranus parte para
África do Sul, deixando o seu laboratório aos cuidados do aprendiz Juventus.
Arabela, a espevitada neta de Uranus, aproveita a ausência do avô para se
divertir com as fórmulas secretas.

17 de maio
O Corcunda de Notre Dame
Autor: Alexandre Lopes
Direção: Alex Roger
Produção: Daniela Borgongino
Cenografia: Cezar Ramos
Figurinos: Cleide Monliro
Iluminação: Fabio Neira
Grupo Capa
Com Anderson Bhallkehan, Karen Fernandes, Alexandre Lopes, Daniela
Borgongino, Pedro Vieira, Maílson Morais, Cleberson Santos ,
FabioTokai,Laura Pentrenko,Isabel Pentrenko, Adley Monteiro , Carolina Avez,
Alexandre Rogério Bernardo
Sinopse: A Obra de Vitor Hugo, Notre-Dame de Paris de 1831, deu origem a
várias adaptações do romance com o Nome o Corcunda De Notre-Dame. Adaptado
também para o cinema e desenhos animados, como exemplo os estúdios Disney.
A historia narra o trajeto de um jovem que sofre com deformidades: Coxo e
com uma grande corcunda alem de outros problemas físicos. Ao qual chamava se
Quasimodo. Fora adotado pelo arquidiácono Frollo que tem uma estranha
obsessão em perseguir ciganos os pais de quasimodo foram mortos por Frollo e
devido ao padre Amadeu Frollo foi impedido de também acabar com a vida do
bebê Quasimodo e passa a criá-lo atrás dos muros da catedral longe da
civilização.

23 de maio
Pinóquio - O Retorno
Texto e Direção e adaptação: Diogo Nery
Produção: Gabriela Magalhães
Cenografia: Cia Teatral Ratos de Palco
Figurinos: Diogo Nery e Gabriela Magalhães
Iluminação: Diogo Nery
Cia Teatral Ratos de Palco
Com Felipe Roxo, Diogo Nery, Gabriela Magalhães, Vanessa Araújo.
Sinopse: Certo dia Gepeto, um velho artesão de fantoches, depois de muito
desejar um filho, decide criar um boneco de madeira como símbolo do filho
que nunca teve. Certa noite, ao escutar o desejo de Gepeto, a Fada não tão
verde, mas assustadoramente doida e enrolada, decide realizar o maior desejo
de Gepeto. Então concede vida ao amável boneco de madeira, a quem é chamado
de Pinóquio e quem deverá ser o filho de Gepeto a partir de agora. Porém
será que Pinóquio conseguirá ser um bom filho, sem se meter em enrascadas e
perigos?

24 de maio
A Arca dos Bichos
Texto e Direção: Renata Maia
Produção: Daiana Rocha
Cenografia: Gininha R.
Figurinos: Ligia Moreira
Iluminação: Daiana Rocha
Com Luana Rocha, Amanda Fonseca, Bárbara Barcia, Camilla Agra, Carol Adão,
Letícia Laricchia, Mariana Ferreira, Guga Sabatie, Henrique Moreira, João
Pedro Bielinski, Carolina Werneck, Ana Luiza Lins, Amanda Trotta, Maria
Eduarda Barros, Nathália Teixeira, Giovanna Alvarez, Carolina Assis,
Caroline de Cássia, Leonardo Lucena, Pablo Rocha.
Sinopse: Durante toda a vida, dez espécies de animas, entre selvagens e
domésticos, viveram juntos navegando em uma grande arca. Tudo ia bem até a
notícia de uma enchente que estava prestes a invadir a arca. A paz que havia
começou a dar lugar a discussões e à desunião. Todos queriam sobreviver, e a
solução para isso, que a princípio parecia ser uma maneira de esquecer a
tragédia, acabou revelando-se na grande traição de um dos integrantes.
Mesmo com a tentativa dos filhotes em mostrar que a amizade devia estar
acima de tudo, alguém não foi fiel e com isso colocou em risco a vida de
todos que, até aquele momento, muito mais que diversas espécies, haviam sido
uma verdadeira família. Foi preciso sentir a solidão, para entender que sem
amigos, ninguém consegue viver.

30 de maio
Mirona, a princesa chorona
Texto e Direção: Ed lopez
Produção: Renê Azevedo e Ed Lopez
Cenografia: Ed Lopez
Figurinos: Aline Lima
Iluminação: Leandro Barreto
Grupo En cenando
Com Maristela Guimarães.,Adriana Perim, Alessandra Esteves, Lívia Paiva,
Renê Azevedo, Samuel Toledo,Vanessa,Botelho e Vitor Barbarisi.
Sinopse: Mirona é completamente diferente de todas essas de todas princesas
dos contos de fada. É muito rica, egoísta, detesta a classe pobre e não
tolera a concorrência.

31 de maio
Bobos
De Rafael Barcellos
Direção e Produção: Léo Oliveira
Cenografia: Márcia Oliveira
Figurinos: Suzana Oliveira
Iluminação: Paulo Baretto
Companhia Atores de Oliveira
Com Luana Keiose, Fernando Dias , Léo Oliveira, Leonardo Bianchi, Rafael
Barcellos, Silvanah Mello, Giovanna Fernandes.
Sinopse: Aborda a importância das amizades e o gosto pela competição sadia,
quando três aspirantes a bobo da corte descobrem que não há vencedores
apenas grandes amigos em busca do mesmo objetivo que os levará ao Reino da
Silícia para a conquista do título de bobo oficial , pois estão empatados,
circo, teatro e muita música são os temperos para essa mágica que leva
adulto e crianças a um mundo de sonhos e muita diversão.

06 de junho
O Pierrô Apaixonado e a Bailarina sem corda
Texto e Direção: Anderson Alcântara e Léo Torres
Produção: Léo Torres
Cenografia: Anderson Alcântara e Léo Torres
Figurinos: Anderson Alcântara e Léo Torres
Iluminação: Anderson Alcântara, Gabriel Murga e Drica Rabello
Grupo Teatral Loucatores
Com Anderson Alcântara, Anderson Ribeiro, Drica Rabello, Gabriel Murga,
Jaqueline Tavares, Jéssica Caldeira, Léo Torres, Nathalia Di Vaio,Vanessa
Lisboa.
Sinopse: O amor do Pierrô Pedro pela Bailarina Bia é ameaçado pelas
artimanhas do Fantasma Frederico e suas ajudantes aranhas, Margarida e
Margareth. O casalzinho passa a ser ajudado pela turma do bem, a porca
Petrúquia, a elefanta Helena e as mãos Mãorício e Mãorílio.

07 de junho
A Mágica dos Sonhos
De Reginaldo Celestino e Emanuel Duartt
Direção: Reginaldo Celestino
Cenografia: Cia de Teatro 3 Micos
Figurinos: Emanuel Duartt
Iluminação: Reginaldo Celestino e Vera Monteiro
Cia de Teatro 3 Micos
Sinopse: A história começa quando o Reino dos Sonhos tem o seu Cristal mais
precioso “O Cristal dos Sonhos”, roubado pela Feiticeira da Escuridão “Truta
Brusca”, que planeja fazer um ritual e banir de uma vez por todas com os
sonhos do universo, fazendo com que todas as pessoas só tenham pesadelos.

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Ser espectador de montagens das obras de autores consagrados, tais como
Nélson Rodrigues, Martins Pena, Maria Clara Machado, Artur Azevedo, Machado
de Assis, Moliere e no mesmo evento conhecer os novos escritores que começam
a escrever seus nomes na literatura teatral, é um privilégio que você
encontra no Festival de Teatro Cidade do Rio de Janeiro. O festival chega a
sua sétima edição sendo considerado um evento de destaque no cenário teatral
carioca. Em suas seis edições anteriores, o Festival de Teatro Cidade do Rio
de Janeiro, evento do calendário oficial da cidade, contribuiu para a
descoberta de diversos talentos na área de interpretação, direção,
cenografia, figurino e produção. Com isso, o Festival ajudou em suas
colocações no mercado de trabalho através de indicações para produtoras de
cinema, emissoras de televisão e filmes publicitários. É o único festival no
país que oferece como premiação uma real temporada no teatro. Já na sétima
edição configura como um produto cultural sólido e de carreira contínua.
Nossa responsabilidade social fica latente ao aprovar projetos vindos de
comunidades carentes.
É o único festival de teatro da cidade do Rio de Janeiro que abrange a todos
os públicos. Serão apresentados 22 espetáculos, sendo 12 direcionados ao
público adulto e 10 ao infantil com participação de mais de 400
profissionais. Neste ano obtivemos 276 inscrições dos principais grupos e
companhias teatrais do Estado do Rio de Janeiro. Em suas seis edições o
Festival contou com participação de um número superior a 2.100 profissionais
ligados às artes cênicas, sendo em sua maioria jovens talentos. O público da
última edição ultrapassou o número de 11.000 espectadores

COMISSÃO JULGADORA

Déborah de Oliveira

Délcio Marinho Gonçalves

Denise Zuzianne

José Eudes

Kátia Saules

Sérgio Miguel Braga



Direção Artística e Curadoria

Eduardo Marins

2549.5577/ 9404.1133

http://teatrofest.com

" o ator deve trabalhar a vida inteira, cultivar seu espírito, treinar
sistematicamente seus dons, desenvolver seu caráter, jamais deverá
desesperar e nunca renunciar a este objetivo primordial : amar sua arte com
todas as forças e amá-la sem egoísmo " STANISLAVSKY

Exibições: 191

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço