Projeção de "Orfeu e Eurídice", do Metropolitan de NY, é sucesso de público em São Paulo.


Cena de "Orfeu e Eurídice", exibida anteontem (15/02/09) em cinemas de sete cidades brasileiras.






"Ao fim da projeção, enquanto sobem os créditos, aplausos efusivos ecoam das caixas de som: é o público do Metropolitan Opera, de Nova York, que saúda elenco e músicos da ópera 'Orfeu e Eurídice', de Christoph Gluck (1714-1787).

Em uma das três salas de cinema paulistanas que exibem o registro do espetáculo, a psicóloga aposentada Elizabeth Fadel, 60, é uma das poucas a imitar o cumprimento da plateia americana. 'Fiquei emocionada. Acho um absurdo a gente não aplaudir. As pessoas ficam inibidas', diz.

Anteontem, além de São Paulo, outras seis cidades brasileiras assistiram na tela grande à produção da tradicional casa de ópera nova-iorquina".
(Lucas Neves - Jornal Folha de São Paulo (17/02/09).

Nós que moramos longe do eixo sul/sudeste, onde concentram-se as megas produções artísticas, acolhemos com simpatia o Cine-ópera, reconhecendo que a emoção de assistir um espetáculo ao vivo é insuperável.

Como já dizia minha mãe: “Quem não tem cão, caça com gato”. Torço que pelo menos o Cine-ópera chegue por aqui.


Christoph Willibaldi Gluck - "Che Puro Ciel" - Ópera Orfeu e Euridice. (Mezzo Soprano: Bernarda Fink).


Exibições: 60

Comentário de Helô em 17 fevereiro 2009 às 23:15
Laurinha
Muito legal essa iniciativa de retransmitir a temporada do Metropolitan em salas de cinema. A abertura aconteceu no Rio, dia 1º de fevereiro, com a ópera "La Rondine" (Giacomo Puccini), estrelada pela soprano Angela Gheorghiu e o tenor Roberto Alagna.
Li que os espetáculos serão exibidos também em BH, Porto Alegre, Curitiba e Brasília, podendo chegar a outras cidades que tenhas salas com sistema de projeção digital necessário à exibição das óperas. Andei trocando mensagens com Henrique e Oscar, amigos que dominam bem o assunto, e ainda pretendo assistir alguma exibição no Rio.
Beijos.
Comentário de Oscar Peixoto em 18 fevereiro 2009 às 13:59
Minha querida amiga, também fiquei com água na boca por aqui. Acontece que, nesse aspecto, o Rio ainda não chegou a São Paulo. A exibição das óperas, programadas para o cinema Odeon, considerado um dos melhores da cidade, tiveram que ser transferidas para salas menores e menos confortáveis, porque o ar condicionado pifou, em pleno verão carioca!!! E a coisa foi meio desorganizada, quem sonhava em comprar entrada como em um cinema comum, deu-se mal, a lotação esgotou rapidinho com reservas antecipadas. Ainda bem que não arrisquei (o Odeon fica no centro da cidade e eu me escondo em bairro distante), já imaginou a decepção?
Mas, assim como a Helô, ainda tenho esperança de ver alguma coisa. Por ora vou correr atrás de vídeos, que normalmente são gravados ao vivo e comercializados em seguidal
Um grande abraço;

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço