Blog EntreMentes 

Para melhor ou para pior, os Estados Unidos continuam sendo um dos três países que não adotaram oficialmente o sistema métrico. No entanto, a recusa dos Estados Unidos a adotar este sistema não foi por falta de insistência.
Em 1975, o Congresso aprovou a Lei da Conversão Métrica (Metric Conversion Act), que declarou o sistema métrico como o sistema preferencial dos Estados Unidos. O Conselho Métrico (U.S. Metric Board) foi criado para implantar esta conversão. Em consonância com a ideia da conversão, as placas de trânsito da rodovia Interestadual 19, que liga Tucson, Arizona, ao México foram alteradas, de modo a que as distâncias fossem mostradas apenas em quilômetros.
Como seria de esperar, muitos motoristas se confundiam com as alterações nas placas, e cogitaram em substituí-las por aquelas em que as distâncias eram indicadas pelas unidades de medida anteriores.
Felizmente, a estrada foi capaz de preservar sua identidade única, graças aos esforços dos moradores da região que não queriam prejudicar seus negócios. O que, presumivelmente, aconteceria com a perda da singularidade da rodovia I-19. Assim é que ela permanece, até hoje, como a única estrada nos EUA em que as distâncias são indicadas aos motoristas unicamente em quilômetros.
A experiência métrica dos Estados Unidos provou ser de curta duração. A Lei de Conversão Métrica e o Conselho Métrico foram desmantelados apenas sete anos depois de terem sido criados. Cerca de 40 anos mais tarde, o país continua comprometido com o seu padrão habitual de medição. No entanto, se você estiver disposto a esquecer as milhas, pegue a Interestadual 19 só para ver como é gostoso dirigir em quilômetros.

Depois de uma tentativa de curta duração nos EUA
para alinhar o país com o resto do mundo,
esta estrada (I-19) foi deixada no sistema métrico

Exibições: 86

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço