"Um dia sem sanguessugas é como um dia sem sol." Mark Sidall


O zoólogo Mark Siddall é um especialista em sanguessugas. Para encontrar novas espécies, ele viaja o mundo e vadeia em águas estrangeiras, oferecendo seu próprio corpo como isca.



"Minha expedição ao Peru foi especialmente frutífera. Começamos na Cordilheira dos Andes, a 4.800 metros de altitude, procurando um lago em que tinha sido registrada, na década de 1880, a ocorrência da maior sanguessuga de altitude. Nós encontramos o local, mas o problema era que as operações de mineração tinham obliterado o lago. Felizmente, quando nós estávamos prestes a sair daquele local, vimos um outro pequeno lago bem próximo. Saltamos e giramos sobre algumas rochas do pequeno lago para atrair quaisquer sanguessugas que pudessem estar escondidas no sedimento. E foi quando sentimos algumas mordidas na pele. Conseguimos encontrar a maior sanguessuga já vista, um exemplar de uma nova espécie que ainda estou tentando classificar."


Mas fica realmente estranho quando ele começa a descrever sanguessugas especializadas que visam a certas partes do corpo.


How I Became Bait for Bloodsucking Leeches, Discover Magazine

Postagem relacionada: T-rex na Amazônia

Exibições: 113

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço