Se você encontrar pela frente, um desses moralistas de plantão, que xingam e criticam o governo e políticos que não são do partido dele, seja na esfera municipal, estadual ou federal, pode ter certeza, que se você resolver dissecá-lo, lá dentro você encontrará um sonegador, fraudador, estelionatário, explorador de trabalho alheio, depositário infiel e tudo isso precedido de fracasso profissional. Fracasso profissional esse, que nem sempre significa fracasso econômico-financeiro.
Geralmente se apresentam como consultores, investidores, promotores de evento, especialistas nisto ou naquilo, religiosos. Ou seja: atividades que não agregam absolutamente nada à evolução epistemológica da espécie humana. Não são Kant, nem Descartes. Não são Einstein nem Lates. Não são Osvaldo Cruz nem Fleming.
Gente! Se esquecermos as siglas partidárias, cujas letras não traduzem as verdadeiras tendências de seus membros, se pararmos de ter indignação seletiva, e passarmos a cobrar as mutretas e falcatruas de todas as cores, conseguiremos enquadrar os corruptos.

Exibições: 88

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço