Oh crânio rutilante, neófito, assume essa missão,

Nessa missa submissa e repleta de cobiça,
Irmão, nos livre das injustiças, que por justiça,
Nossa fama estaria na lama, nas fossas de titicas,
Você chafurdou, nós chafurdamos, eles chafurdaram,
Cada dia surge um delator que nos chama para a infernal chama,

Oh crânio rutilante, demiurgo, tu és a nossa única esperança,
Nos livre dessa lambança, vai irmão, confiante, se lança,
Se queime, adote arengas, mas não deixe que nos queimem,
Oh salvador, te colocamos como a pessoa certa, portas abertas,
Quem faleceu já morreu nas lembranças do úbere escandaloso,

Oh crânio rutilante, vitupério, corre como azarão, espere a votação,
Tu és um trovão, se ninguém contestar a nossa indicação,
Tua luz se propagará como um raio,
Num raio de extensão salvadora, devastadora,
Vamos orar pelo teste de rejeição, vamos orar pela vossa aprovação,

Oh crânio rutilante, furibundo, perseguirás nossos inimigos,
Nos protegerá dos nossos atos correlatos e análogos, aos deles,
Somos farinha do mesmo saco, mas somos fortes e eles fracos,
Temos como aliada a poderosa, a grande perfídia, na comunicação é Diva.

Salve-nos crânio rutilante, fátuo, teu futuro é incerto,
Porém o nosso é vetusto, mas duradouro e forte como touro,
Sempre teremos gratidão pela vossa colaboração,
Seja se estiver livre e feliz, bem sucedido,
Ou triste e largado no exílio, pobre tolhido. (Igamman)

Exibições: 101

Os comentários estão fechados para esta mensagem de blog

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço