Quando foi divulgado o crescimento de 0,6% do PIB brasileiro no primeiro trimestre, os leitões sardembentos do comentarismo econômico tupiniquim não perderam um só milímetro ou segundo e se apressaram a destacar a frustração de não ter sido atingido o número esperado, que era de valorosos 0,9%, e condimentaram o molho com muita crítica à "incompetência" do governo. Eles sabem o poder que têm e o exercem sem pudores.

A militância petista ficou na defensiva, repetindo as críticas de sempre aos empedernidos críticos do lulodilmopetismo, que cada vez mais deixam exposto que agem em sintonia fina com as oposições.

Veio, porém, a auspiciosa notícia de que o tal "PIBinho", que é como a mídia ativista golpista oposicionista apelidou e execrou o PIB de 0,6%, é, na verdade, o segundo maior de todos os países do mundo - considerando que o primeiro lugar foi compartilhado por Coreia do Sul e Japão, ambos com os 0,9% que o Brasil não foi capaz de alcançar. Sim, segundo lugar, ao lado da economia dos EUA, tão festejada pela mesma mídia que vê aqui e acolá com lentes diferenciadas.

A notícia veio e, salvo engano de minha parte, não recebeu da militância virtual petista e das lideranças partidárias o prestígio de que era digna. 

Sou do tempo em que a televisão propagava que um danoninho valia por um bifinho. E funcionava. E era gostoso e nutritivo. Será que o nosso pobre PIBinho medalha de prata não merece um alarde um cadinho mais eficiente por parte da nossa boa e sempre jovem militância?

http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-brasil,pib-do-bras...

Exibições: 82

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço