Os Amigos do Presidente Lula


O deputado Dr. Rosinha (PT-PR) propôs que o candidato a prefeito de São Paulo, José Serra (PSDB), compareça à Comissão de Inqueirto Parlamentar. "A construtora Delta chegou à Prefeitura de São Paulo quando o Serra era prefeito e depois aprofundou suas contas com o governo do Estado, quando ele era governador", disse o deputado. Segundo a Polícia Federal, a Delta era um dos braços da organização criminosa.

Dr. Rosinha também defendeu a convocação do ex-diretor de engenharia da estatal paulista Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto. Nas eleições presidenciais de 2010, Paulo Preto foi o arrecadador do caixa dois do PSDB.Depois, acabou sumindo com 4 milhôes da campanha de Serra que na época era candidato á Presidência da República

Paulo Preto, ja disse que criou condições para que houvesse aporte de recursos nas campanhas do PSDB.

Dr. Rosinha também pediu a convocação, na condição de testemunha, do secretário de Educação de Goiás, deputado federal licenciado Thiago Peixoto (PSD), pré-candidato do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), à Prefeitura de Goiânia. Sua candidatura, contudo, se enfraqueceu após ter sido citado em um áudio por Gleyb Ferreira da Cruz, apontado pela Polícia Federal como auxiliar de Cachoeira. Na conversa, Cruz disse que Peixoto repassou modelos de escolas chinesas que o grupo de Cachoeira construiria para posterior aluguel pelo Estado.

Kátia Abreu sai em defesa dos corruptos

A senadora Kátia Abreu (PSD-TO) apresentou requerimentos para convocação do prefeito de Palmas, Raul Filho (PT), e do secretário de Governo de Palmas, Pedro Duailibe. Segundo ela, motivo são as interceptações telefônicas que mostraram que uma ex-assessora da deputada Solange Duailibe (PT), teria recebido R$ 120 mil da construtora Delta.

Entretanto, o governador de Tocantins, Siqueira Campos (PSDB), aliado da senadora Kátia Abreu, mas isso, ela não viu, ou faz vistas grosas, ele também foi citado em áudios da Polícia Federal. Em uma das conversas, Cachoeira diz a seu auxiliar Gleyb ter um encontro marcado com o tucano para tratar de assuntos relacionados à Superintendência da Polícia Federal em Goiânia. Em outra conversa, Cachoeira diz estar ao lado do filho do governador, o ex-senador Eduardo Siqueira Campos, e outras pessoas importantes do Judiciário em um restaurante.

No cenário político eleitoral em Tocantins neste ano, o PSD da senadora é aliado do governador. O presidente estadual do partido, inclusive, é o vice-governador João Oliveira. Juntos, devem apoiar o deputado estadual Marcelo Lélis (PV) na eleição para prefeito de Palmas contra os candidatos do PT e do PMDB. Seria esse o motivo da senadora está usando o PT?

A atuação de Kátia Abreu chegou a causar uma indisposição com o PMDB por sua ferrenha defesa na convocação dos governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB). Kátia também pediu as convocações dos governadores do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), e de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).

O requerimento para convocação do governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), é outro em que há suspeita de conotação eleitoral. Foi protocolado pelo deputado federal Filipe Pereira (PSC-RJ) no dia seguinte em que seu partido informou ao PMDB de que apoiaria o PSDB em Campo Grande.

Exibições: 103

Comentário de Ariston Álvares Cardoso em 11 junho 2012 às 22:55
O que me causa indignação é estar assistindo um pais ser passado a limpo iniciando-se de que forma ninguém sabe, se pelo lado direiro, esquerdo, pelo meio, por baixo, por cima, quando deixa um José Serra e tantos outros fora da CPI como que eles sejam inocentes ou tenham recebido isenção de culpa dessa Justiça esculhambada e apodrecida que tem o Brasil, Justiça dos Gilmar Dantas.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço