Portal Luis Nassif

1.
eu pego da amada os parafusos
e reconheço cada, nos seus usos.
jumelos, lambrequins e outras gentes
monto e desmonto os olhos e os dentes.

daí carrego a musa em meus arreios
pra assegurar os tanques e os freios.

a vida já virou uma caçada
quem sabe dos chassis da minha amada?

2.
vou remontá-la toda, em madrugada
numa poesia de dança e gargalhada.

romério rômulo

Exibições: 567

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

Blogs Brasilianas

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço