Portal Luis Nassif

"Despedida de Mangueira" - Vários Intérpretes

Foto acima: Pintura óleo sobre tela, de Heitor dos Prazeres (1965). Ao lado os compositores Benedito Lacerda e Aldo Cabral.

 

Apaixonada, desde sempre, pela Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira fiquei curiosa quando descobri a composição - “Despedida de Mangueira” (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) lançada, inicialmente, por Francisco Alves pelos Selos Columbia (1940) e Continental (1952/ano de sua morte).

Despedida de Mangueira” logrou o 2º Prêmio de Sambas no Concurso realizado pelo Departamento de Imprensa e Propaganda. A referida composição integrou o filme “Laranja da China”, do poeta Olegário Mariano, estrelando: Irmãs Pagãs, Arnaldo Amaral, Francisco Alves, Dircinha Batista, Benedito Lacerda, Lauro Borges, Barbosa Júnior, Nair Alves [irmã de Francisco Alves] e Grande Otelo.

Coube à cantora Aracy Cortes, no Teatro de Revista, lançar outras composições, a exemplo: “Vamos deixar de intimidade”, “Laranja da China”, “Febre Azul”, “A polícia já foi lá em casa já”, entre outras.

Numa rápida pesquisa constatei que, além de Francisco Alves, grandes nomes da nossa Música Popular Brasileira, a exemplo de Pery Ribeiro e Johnny Alf gravaram “Despedidas de Mangueira”, com letra, e vários instrumentistas, também, como Carolina Cardoso de Menezes, Carioca e sua Orquestra, Severino Filho e sua Orquestra, Poly e seu Conjunto, The Pop’s, Severino Araújo, Zé da Velha e Silvério Pontes, Sebastião Tapajós/Pedro [Sorango] dos Santos, entre outros.

 

Despedida de Mangueira: Aldo Cabral e Benedito Lacerda

Em Mangueira na hora da minha despedida
todo mundo chorou, todo mundo chorou
Foi prá mim a maior emoção da minha vida
Porque em Mangueira o meu coração ficou

Quis falar aos amigos que me abraçaram
O soluço, porém, minha voz embargaram
E os meus olhos na minha tristeza sem fim
no meu silêncio falaram por mim

A maior emoção que se tem nesta vida
é a dor que assinala uma triste partida
E foi esta emoção que eu também já senti
E nunca mais de Mangueira esqueci.

Despedida de Mangueira” (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) # Francisco Alves [acompanhamento de Radamés Gnattali]. Disco Columbia (55.196-B) / Matriz (233) Gravação (21/11/1939) / Lançamento (janeiro/1940).

"Despedida de Mangueira" (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) # Carioca e sua Orquestra, 1958.

Despedida de Mangueira” (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) # Pery Ribeiro e Bossa Três. Álbum ‘Encontro’, 1966.

Despedida de Mangueira” (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) # Johnny Alf. Álbum ‘Ele é Johnny Alf’, 1971.

 

Gravações Instrumentais de “Despedida de Mangueira

Despedida de Mangueira” (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) # Carolina Cardoso de Menezes. Disco Odeon (14.139-A) / Matriz (11359). Gravação (03/10/1956) / Lançamento (janeiro/1957).

Despedida de Mangueira” (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) # Severino Filho and His Orchestra (1958).

Despedida de Mangueira” (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) # Poly [guitarra havaiana] e seu Conjunto. Disco Chantecler (78.045-B) / Matriz (C8P-810). Lançamento (março/1961).

Despedida de Mangueira” (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) # The Pop’s, 1968.

Despedida de Mangueira” (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) # Orquestra Severino Araújo. [Gravado ao vivo no Auditório da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, informação que não consta da ficha técnica do disco, assim como não constam os nomes dos músicos que compõem a orquestra, nem a data em que foi realizada a gravação, segundo o site Discos do Brasil].

 

Despedida de Mangueira” (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) # Sebastião Tapajós e Pedro [Sorango] dos Santos, 1972. [Para ouvir abra AQUI e clique na segunda faixa].

Despedida da Mangueira” (Aldo Cabral/Benedito Lacerda) # Zé da Velha e Silvério Pontes. Álbum ‘Tudo Dança: Choros, Maxixes e Sambas’ (2004).

 

************

Fontes:

- Aracy Cortes, Linda Flor, de Roberto Ruiz. - Rio de Janeiro, FUNARTE / INM / Divisão de Música Popular, 1984.

-Áudios: Site #Radinha.

- Fotomontagem: Laura Macedo.

- Foto Selo Disco 78 rpm: Adilson Santos.

- Francisco Alves: As Mil Canções do Rei da Voz, de Abel Cardoso Júnior / Curitiba: Edições Revivendo, 1998.

- Site YouTube/Canais: “uubeatle”, “BlackRoundRec”, “Alfredo Pessoa”, “SenhorDaVoz”, “Dig’a Samba”, “Pedro Fassarella”, "dagmar romana morais barbosa".

- Viva o Rebolado! : Vida e morte do teatro de revista brasileiro / Salvyano Cavalcanti de Paiva. - Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1991.

************

 

Exibições: 78

Comentário de Nena Noschese em 27 dezembro 2016 às 22:01

Belíssimas as suas postagens parabéns e um excepcional 2017 pra voce.

Comentário de Laura Macedo em 28 dezembro 2016 às 21:00

Nena,

Grata pelo registro do seu amável comentário.

Um ANO NOVO de muita PAZ, SAÚDE e o que mais seu coração almeja.

Abraços.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço