Em 1997, reunidos em Kyoto, Japão, representantes de 84 países assinaram protocolo que estabelecia metas de redução na emissão de gases-estufa na atmosfera, principalmente pelos países industrializados, e de substituição de produtos oriundos do petróleo por outros que causem menos danos ao meio ambiente.

Para o período 2008 a 2012 (uma das fases do protocolo), esperava-se uma redução de 5,2% na emissão de gases poluentes.

Ocorre que uma coisa é assinar os acordos internacionais, outra é ratificar: os pactos só se investem de validade após ratificados por cada país, observado o trâmite previsto pela legislação de cada um.

Em 2001, George Walker Bush bateu o martelo, declarando que os Estados Unidos não ratificariam o protocolo, visto que os interesses da indústria americana resultariam prejudicados caso as medidas para redução da emissão de gases tivessem de ser adotadas. E assim os maiores poluidores do planeta tiraram o time.

Que Barack Obama leve o seu país à mudança esperada.

Exibições: 51

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço