Portal Luis Nassif

"Vocês sabem por que o Dia Nacional do Samba cai em dois de dezembro? Não, não é a data de nascimento de Tia Ciata. Também não é quando gravaram 'Pelo Telefone'. Muito menos quando Ismael Silva e os bambas do Estácio fundaram a Deixa Falar. O Dia Nacional do Samba surgiu por iniciativa de um vereador baiano, Luis Monteiro da Costa, para homenagear Ary Barroso. Ary já tinha composto seu sucesso 'Na Baixa do Sapateiro', mas nunca havia posto os pés na Bahia. Esta foi a data que ele visitou Salvador pela primeira vez. Engraçado, não? A festa foi se espalhando pelo Brasil e virou uma comemoração nacional". (site academia do samba).

Minha homenagem será através das matérias postadas na minha página, aqui na Comunidade:
"Uma História que deu Samba" e "Qual o Samba e/ou Sambista de sua Preferência?"

"No Rio a divertidíssima festa fica por conta do Pagode do Trem. A idéia do samba surgiu quando moradores de Oswaldo Cruz resolveram criar um movimento para revitalizar o bairro, era o "Acorda, Oswaldo Cruz". No Dia do Samba o pessoal se reúne na Central do Brasil, lota um trem e vai tocando e cantando até Oswaldo Cruz, lá formam-se trocentas rodas de samba. Depois que começou, descobriu-se que já havia sido criado décadas antes por uma das mais importantes figuras do bairro, Paulo da Portela. Naquela época o samba era perseguido pela polícia. Os sambistas faziam suas reuniões e promoviam animadas rodas dentro dos vagões do trem. Hoje o Pagode do Trem faz parte do calendário oficial da cidade e tem estado cada ano mais cheio".(Site academia do samba).


"Foliões e amantes de uma boa roda de bambas não podem perder o trem das 19h que sairá na próxima terça-feira lotado com a nata do samba carioca. Integrantes da Velha Guarda da Portela acompanhados do grupo Cacique de Ramos comandam o primeiro vagão que partirá da Central do Brasil rumo à estação de Oswaldo Cruz, no subúrbio do Rio.

A viagem para lá de animada celebra o Dia Nacional do Samba. Após esquentar os tamborins na Central do Brasil, os vagões partirão a cada 20 minutos, batizados com nomes dos mestres Luiz Carlos da Vila, Cartola, Silas de Oliveira e Candeia. Em cada um dos vagões, compositores agitam a festa, com muito pagode, samba e marchinhas de Carnaval.











O Trem do Samba, que está na 13ª edição e tem apoio da rádio MPB FM, terá um grande palco na Central do Brasil, três palcos em Oswaldo Cruz, 20 rodas de samba espalhadas pelo bairro, além do tradicional bloco de Partido Alto, como o Cacique de Ramos. A primeira composição sairá às 19h, seguido por viagens às 19h20, 19h40 e às 20h, encerrando o evento na Central.

Os passageiros viram foliões e cedem espaço para surdos tamborins. Os 3 mil primeiros ingressos poderão ser trocados por 1kg de alimento. O bilhete custa R$ 2,20 e a lotação será de 10 mil passageiros". (site www.odia.terra.com.br)

Confira a programação:

LOCAL: CENTRAL DO BRASIL – DAS 17H ÀS 20H30

Bateria do Mestre Faísca
Marquinhos de Oswaldo Cruz
Velha Guarda da Portela
Velha Guarda do Império Serrano
Velha Guarda da Mangueira
Velha Guarda do Salgueiro
Velha Guarda da Vila Isabel
Nelson Sargento
Wilson Moreira
Walter Alfaiate
Nadinho da Ilha
Xangô da Mangueira

PARTIDAS DOS TRENS PARA OSWALDO CRUZ:

PRIMEIRO TREM – TREM CANDEIA – SAÍDA: 19h

Vagão 1 – Velha Guarda da Portela e Marquinhos de Oswaldo Cruz
Vagão 2 – Tia Doca
Vagão 3 – Cacique de Ramos
Vagão 4 – Pagode do Negão da Abolição
Vagão 5 – Grupo Autonomia
Vagão 6 – Clube do Samba
Vagão 7 – Embaixadores da Folia
Vagão 8 - Quilombo

SEGUNDO TREM – TREM SILAS DE OLIVEIRA – SAÍDA: 19h20

Vagão 1 – Velha Guarda do Império Serrano
Vagão 2 – Grupo Roda do Bip
Vagão 3 – Pagode do Nelsinho e da Wilma
Vagão 4 – Mestre Faísca
Vagão 5 – Manga Preta
Vagão 6 – Pagode da Tia Ciça

TERCEIRO TREM – TREM CARTOLA – SAÍDA: 19h40

Vagão 1 – Velha Guarda da Mangueira
Vagão 2 – Velha Guarda do Salgueiro
Vagão 3 – Pagode do Sambola
Vagão 4 – Bloco Voltar pra Quê?
Vagão 5 – Grupo Parados na Ponte
Vagão 6 – Grupo Regente

QUARTO TREM – TREM LUIZ CARLOS DA VILA – SAÍDA: 20h

Vagão 1 – Velha Guarda da Vila Isabel
Vagão 2 – Caldos e Canjas
Vagão 3 – Quizomba
Vagão 4 – Bloco da Cachaça
Vagão 5 – Pagode do Renascença e Renato Milagres
Vagão 6 – Democráticos de Guadalupe
Vagão 7 – Grupo Nossa Arte de Niterói/Quintal de Jorge
Vagão 8 – Pagode do Ouvidor/Pagode de São Gonçalo


SHOWS EM OSWALDO CRUZ

PALCO 1: Rua João Vicente, ao lado da Estação de Oswaldo Cruz – Início: 19h

Grupo Família
Pagode da Tia Doca e do Nem
Bombril
Genaro da Bahia
Efson
Marquinhos de Oswaldo Cruz
Délcio Carvalho
Bandeira Brasil
Noca da Portela
Elaine Machado
Trio Calafrio
Almir Guineto
Gaúcha
Deni de Lima

PALCO 2: Praça Paulo da Portela, em frente à Portelinha, em Oswaldo Cruz – Início: 19h

Grupo Descendo a Serra
Velha Guarda da Portela
Velha Guarda do Império Serrano
Velha Guarda da Mangueira
Velha Guarda do Salgueiro
Velha Guarda da Vila Isabel
Zé Catimba
Trio ABC
Ari do Cavaco
Bateria da Portela e Anderson Paz
Tantinho da Mangueira

PALCO 3: Rua Átila da Silveira, em Oswaldo Cruz – Início: 19h

Grupo do César
Marquinhos de Oswaldo Cruz
Moacyr Luz
Ernesto Pires
Serginho Procópio
Dorina
Ircéia
Zé Luiz do Império
Toninho Geraes
Agrião
Mauro Diniz
Dona Ivone Lara

RODAS DE SAMBA EM OSWALDO CRUZ

Rodas de número ímpar: Rua Átila da Silveira – A partir das 21h
Rodas de número par: Rua João Vicente – A partir das 21h

RODA DE SAMBA 01 – Bloco da Cachaça
RODA DE SAMBA 02 – Grupo Manga Preta
RODA DE SAMBA 03 – Grupo Autonomia
RODA DE SAMBA 04 – Quizomba e Tia Gessy
RODA DE SAMBA 05 – Mestre Faísca
RODA DE SAMBA 06 – Democráticos de Guadalupe
RODA DE SAMBA 07 – Clube do Samba
RODA DE SAMBA 08 – Pagode do Gil
RODA DE SAMBA 09 – Tia Ciça
RODA DE SAMBA 10 – Pagode da Dulcinha e do Zau
RODA DE SAMBA 11 – Luciano da Carvoaria
RODA DE SAMBA 12 – Pagode do Renascença e Renato Milagres
RODA DE SAMBA 13 – Grupo Senzala
RODA DE SAMBA 14 – Vera Caju
RODA DE SAMBA 16 – Grupo Regente
RODA DE SAMBA 18 – Pagode do Nelsinho e da Wilma
RODA DE SAMBA 20 – Roda do Bip

BLOCO DE PARTIDO ALTO

Local: Vai da Rua Carolina Machado (esquina com Rua Fernandes Marinho) à Praça Paulo da Portela (Oswaldo Cruz) – Início: 20h

Marquinhos de Oswaldo Cruz
Renatinho Partideiro
Di Caprio
Gabrielzinho do Irajá
Baiacó
Coelho

Pela programação vocês percebem que é samba e sambista para todos os gostos. O difícil é escolher, mas para quem não é "ruim da cabeça ou doente do pé", vai tirar de letra.

Um excelente Dia do Samba para todos.

Exibições: 293

Comentário de Gregório Macedo em 30 novembro 2008 às 23:44
Feliz dia do samba!
Haja batucada para louvar as belas matérias produzidas.
Beijo
Comentário de Cafu em 1 dezembro 2008 às 23:36
Brasil esquentai vossos pandeiros, iluminai os terreiros, que nós queremos sambar!
Viva o samba, orgulho nacional!
Comentário de Rafael Reges em 5 dezembro 2008 às 10:39
Soube que foi comemorado no espaço trilhos. Era até pra eu ter aparecido lá mas não deu certo.
Comentário de Rafael Reges em 6 dezembro 2008 às 0:45
Fico feliz em saber que a cidade tem diversificado suas opções de produção cultural em geral. Principalmente dança e música.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço