A composição “Distância infinita” reuniu grandes nomes na nossa Música Popular Brasileira a exemplo dos intérpretes: Radamés Gnattali [Vero] e seu Conjunto, com destaque para o vocalista Paulo Tapajós e dos compositores: Demerval Fonseca Neto [Furinha] e Alberto Ribeiro.

Os intérpretes Radamés Gnattali e Paulo Tapajós

Ambos, compositores e intérpretes, deixaram suas marcas na história do MPB.

Radamés Gnattali (1906/1988) é um dos músicos brasileiros que transcendeu preconceitos e o tradicional distanciamento entre a música dita erudita e a música popular. Suas participações nas duas áreas o colocam como uma figura emblemática da música brasileira como um todo.

Paulo Tapajós (1913/1990) ao longo da sua trajetória atuou como cantor, compositor, radialista e pesquisador da MPB. Acumulou um acervo de documentos, partituras, discos, livros, revistas, recortes, impressos e alguns manuscritos originais, em viagens realizadas por todo o Brasil, que até hoje vem sendo consultado por gravadoras, editoras, emissoras de rádio e televisão, jornais e revistas, além de profissionais do meio artístico e acadêmico.

Os Compositores Demerval Fonseca Neto [Furinha] e Alberto Ribeiro

Demerval Fonseca Neto [Furinha] nasceu no bairro do Catumbi (09/06/1903) e faleceu, provavelmente, nos anos de 1970.  Oriundo de uma família em que todos tocavam de ouvido, logo cedo se iniciou no cavaquinho e depois no bandolim. Instrumentista dos bons começou a compor quando iniciou seu trabalho em orquestras, a exemplo da Orquestra Raul Lipoff. Em 1930, sua composição "Tristeza havaiana", em parceria com Lamartine Babo, foi gravada por Francisco Alves com acompanhamento da Orquestra Pan-American, e solo de guitarra havaiana do próprio autor.

 

Alberto Ribeiro (1902/1971) carioca nascido no bairro Cidade Nova foi criado no Estácio, área considerada como berço do samba. Compôs com grandes nomes da MPB a exemplo de Roberto Martins, Antônio Almeida, José Maria de Abreu, Radamés Gnattali, Lamartine Babo, Alcyr Pires Vermelho, Ataulfo Alves, Mário Lago, Wilson Batista e João de Barro, o Braguinha com quem formou uma célebre parceria musical e de amizade.

Distância infinita” (Alberto Ribeiro/Demerval Fonseca Neto [Furinha]) # Vero [Radamés Gnattali] e seu Conjunto/Vocalista: Paulo Tapajós. Disco Continental (16.371-B) / Matriz (2566). Gravação (29/01/1951) / Lançamento (março/1951).

 

______

Agradecimentos especiais ao jornalista, escritor e pesquisador Miguel NIREZ Azevedo pela liberação do fonograma: "Distância infinita".

************

Fontes:

- Banco de Dados do Acervo Nirez (AQUI).

- Dicionário Cravo Albin da MPB - Verbete: Furinha (AQUI).

- Foto Selo do Disco: Miguel Bragioni.

- Fotomontagem: Laura Macedo.

- Montagem Áudio SouldCloud: Laura Macedo.

***********

Exibições: 166

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço