O disco acima, apesar do título - “Dolores Duran no Michel de São Paulo” - não foi gravado ao vivo como sugere a capa. Este compacto duplo de 45 rpm foi lançado em julho de 1959. Foi um dos últimos discos da cantora/compositora Dolores Duran que morreu, prematuramente (24/10/1959) aos 29 anos de idade.

 

 

 

Vamos curtir as quatro faixas deste excelente disco da Dolores Duran

 

 

A banca do distinto” (Billy Blanco) # Dolores Duran.

 

 

 

 

 

 

 

 

My Funny Valentine” (Richard Rodgers/Lorenz Hart) # Dolores Duran.

 

 

 

 

 

 

 

 

A noite do meu bem” (Dolores Duran) # Dolores Duran.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fim de caso” (Dolores Duran) # Dolores Duran.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ainda no ano de 1959 gravou o LP “Esse norte é minha sorte”. Confiram, em vídeos, algumas faixas.

 

 

Minha toada” (Dolores Duran/Edson França [Edinho]) # Dolores Duran.

 

 

Esse norte é minha sorte” (Miguel Gustavo/Ruy Duarte) # Dolores Duran.

 

 

 

 

 

Prece de Vitalina” (Dolores Duran/Chico Anísio) # Dolores Duran.

 

 

 

 

Quando se tem amor” (Altamiro Carrilho/Armando Nunes) # Dolores Duran.

 

 

 

 

 

 

 

Para fechar com chave de ouro um dos raros registros de Dolores Duran no filme “Rico ri à toa” (1957/Roberto Farias) interpretando “Tião”, de Wilson Batista e Jorge de Castro. Dolores gravou essa música em Disco Copacabana (5760-A), em 1957. Uma delícia!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Post dedicado aos amigos Gilberto Cruvinel e Miguel Bragioni

 

 

 

 

************

 

Fontes:

 

- Dicionário Cravo Albin da MPB (Verbete: Dolores Duran).

- Grupo Arquivo Confraria do Chiado / Facebook / Miguel Bragioni).

- Site YuoTube (Canais: “athp123”, “GANNITUS”, “SenhorDaVoz”).

- Site #Radinha.

- Site Discos do Brasil.

 

************

 

Exibições: 326

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço