Dona Ivone Lara - 89 Anos da Grande Dama do Samba

 

Ivone Lara da Costa

*13/04/1922




Não basta chamá-la pela forma como foi batizada. O pioneirismo e o respeito que impôs na MPB a transformaram em Dona Ivone Lara. Primeira mulher a compor samba-enredo e a mais completa sambista em atividade no país (compõe, canta e toca cavaquinho).



“Sou uma pessoa realizada. Consegui tudo o que quis na vida, viajei pelo mundo todo. Meu sonho atual é ter saúde para cantar” — declara Dona Ivone, que anda com dificuldade, perdeu parte da visão devido ao glaucoma no olho esquerdo, mas mantém a vontade de cantar.



Enfrentando as dificuldades de uma origem pobre, superou todos os obstáculos, construiu uma carreira profissional digna de todos os elogios e só tardiamente, depois de aposentada, se dedicou em tempo integral à sua música. Por tudo isso e muito mais é um exemplo de vida. 

 

Foi o tio Dionísio, chorão de saraus freqüentados por nomes como Pixinguinha e Candinho do Trombone, quem a presenteou, ainda menina, com um cavaquinho.

 

 
Na ala das Baianas do Império Serrano, em 1972



Gravada pelos grandes intérpretes da nossa indústria fonográfica, ele compôs pérolas clássicas da música brasileira.

 
Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho, principal parceiro na harmonia das suas elaboradíssimas composições.

 

Além de Délcio Carvalho compôs com nomes expressivos como Silas de Oliveira / Mano Décio da Viola / Paulo César Pinheiro / Rildo Hora / Luiz Carlos da Vila / Jorge Aragão / Sombrinha / Hermínio Bello de Carvalho / Nei Lopes.



DISCOGRAFIA



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1970 – O botequim da pesada (com vários)
1974 – Quem samba fica? Fica (com vários)
1974 – Samba minha verdade, samba minha raiz
1979 – Sorriso de criança
1981 – Sorriso negro
1982 – Alegria minha gente (Serra dos meus anos dourados)
1985 – Ivone Lara
1986 – Arte do encontro (com Jovelina Pérola Negra)
1993 – Mestres da MPB (coletânea)
1998 – Bodas de ouro
1999 – Um natal de samba (com vários)
1999 – Raízes do samba (coletânea)
1999 – Pirajá – Esquina do samba (com vários)
2000 – Casa de samba 4 (com vários)
2001 – Nasci pra sambar e cantar
2001 – Para sempre (coletânea)
2001 – Meninos do Rio (com vários)
2002 – A música popular brasileira por seus autores e intérpretes (coletânea)
2003 – Aquarela do samba (com vários)
2004 – Sempre a cantar (com Toque de Prima)
2006 – Warner 30 anos: Dona Ivone Lara (coletânea)
2006 – Aquarela do samba (com vários)
2009 – Canto de rainha
2010 – Nas escutas da vida (com Bruno Castro)

 


Agora é a aniversariante que canta e encanta. Um presente para todos nós.



Dona Ivone Lara no programa Mosaicos (1ª parte)


 

 

 


Dona Ivone Lara e Martinho da Vila


 

 

 

Dona Ivone Lara e Fundo de Quintal


 

 

 

Dona Ivone Lara e Quinteto Branco e Preto


 

 

 

Dona Ivone Lara no programa Ensaio (TV Cultura – 2000)



 

 


 



Dona Ivone Lara é merecedora de todas as homenagens pelos 89 anos completados hoje (13 de abril de 2011). Vida longa à grande Dama do Samba.

************

Fonte:

- Blog Passarela (revista Veja) – Júlio Cesar de Barros.

_ Dicionário Cravo Albin


************

Exibições: 670

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço