Para milhões de fãs, Elvis Presley continua vivo e nada mais natural do que comemorar seu aniversário, já que nesta sexta-feira (8), o rei do rock, morto há 32 anos, faria 75 anos. Nascido em 8 de janeiro de 1935 em Tupelo (Mississippi, sul dos EUA), numa família modesta, Elvis fez história como o pobre que triunfou, o branco que cantou como um negro, o símbolo sexual que era apegado à mãe, o patriota rebelde.

"Elvis continua sendo popular em todo o mundo, com seguidores que celebram seu aniversário todos os anos", comentou o porta-voz da propriedade do cantor em Graceland, no Tennessee, que realizará vários festejos por ocasião da data. Em Memphis, o 8 de janeiro foi declarado "Dia Elvis Presley" e está prevista uma série de shows e eventos.

Os fãs também preparam comemorações em outras partes do mundo. "Elvis é uma das poucas pessoas que conseguiu eliminar as fronteiras culturais", afirma Howard Kramer, curador de uma exposição em homenagem ao cantor no Hall da Fama do Rock, de Cleveland, em Ohio.

Para ele, a chave do longo reinado de Elvis é muito simples. "A grandeza é o que perdura, e a razão pela qual ainda estamos falando de Elvis Presley tanto tempo depois de sua morte é porque sua música era fantástica".
No que eu concordo plenamente.




Elvis Presley em seu último show



CRONOLOGIA e outras matérias no UOL MÚSICA ÚLTIMAS NOTÍCIAS.

************

Exibições: 305

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço