Portal Luis Nassif

Semana passada o cientista político Paulo Sérgio Pinheiro ao comentar mais uma “polêmica" patrocinada pelo saco de imbróglios chamado Nelson Jobim e os militares de pijama com sangue nas mangas sobre o PNHD – disse com propriedade que antes do carnaval a luta de classes no Brasil entrava em recesso. Sábias palavras.

Aliás neste recesso a imprensa partidária com projeto hegemônico e que se diz neutra e objetiva é a grande vedete, tem sempre a tinta e o microfone disponíveis para teses sinistras. Comparar torturadores a combatentes de regimes autoritários é uma destas pérolas.

Autoritários saem do armário e soltam o seu verbo. Se por um lado é saudável que as pessoas revelem suas verdades e parem de fingir, por outro é notório o retrocesso em questões que outrora pareciam óbvias, defender torturador por exemplo.

Houve um tempo que o Jobim destacado era o genial compositor de Matita Perê e inclusive vivíamos sob uma ditadura. Hoje, na democracia, o Jobim disponível é um ministro bufão e reacionário. Paradoxos.

youtube=http://www.youtube.com/watch?v=cc7HBAu2SWQ



Exibições: 29

Comentário de Paulo Roberto Stockler em 21 janeiro 2010 às 10:30
essa foto do jobim ainda vivo, é "freudiana"!!!!
Comentário de elizabeth em 21 janeiro 2010 às 12:13
Ricardo, nosso grande Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim nao merece ficar perto de foto do outro fulano. Alias, Tom faria aniversario na proxima segunda, dia de Sampa.
Comentário de Ricardo Queiroz Pinheiro em 22 janeiro 2010 às 7:06
Elizabeth,

eu só coloquei ali para destacar o paradoxo mesmo.

abraços

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2018   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço