Portal Luis Nassif

Entrevista com Eder Guimarães, artista e ativista na praia de Pipa


O companheiro Eder Guimarães foi presidente do PT de Tibau do Sul...eu vejo nele uma das pessoas mais sensatas e coerentes no município e sempre esteve na linha de lutas pela melhoria de qualidade de vida do povo do município...está sempre preocupado também com a ética que todos devem portar...
Nesta entrevista ele dar sua opinião sobre a política brasileira...do Rio Grande do Norte...e do município de Tibau do Sul...

1)ATS - As eleições deste ano sinalizam que há dois candidatos da base de Lula no estado, Carlos Eduardo Alves(PDT) e Iberê Ferreira(PSB) e um da oposição, Rosalba Ciarlini, do DEM. Na sua visão qual o melhor candidato?

EG - São candidatos bem distintos.De Iberê Ferreira do PSB pode-se dizer que é base do governo Lula porém por conveniência mais do que por convicção, e suas visitas a Tibau do Sul sempre foram a caça de votos, e essa postura destoa da minha. Rosalba Ciarlini representa o que se tem de mais atrasado na política brasileira, o DEM sempre foi partidário do Estado mínimo e isso não é interessante para nenhum cidadão. Já em relação a Carlos Eduardo do PDT, quando prefeito do município Natal, demonstrou-se um bom gestor e com habilidade política e entre os que se apresentam é o que desperta maior simpatia de alguns seguimentos.

2)ATS – Em relação à campanha presidencial observamos que a ministra Dilma Rousseff já avança e tem grandes chances de ser a primeira presidente na história do Brasil. Mas Dilma ê uma mulher de lutas e foi o braço direito do presidente Lula. Você credita esse seu sucesso a ela própria ou ao prestígio do presidente Lula ?

EG - Lula contribuiu bastante com o seu prestigio, isso é inegável . Mas Dilma, além de ser uma mulher de lutas como você mesmo o diz, também tem seus méritos. Bem antes de se tornar ministra, ela foi fundadora do PDT de Leonel Brizola, Sec.da Fazenda em Porto Alegre na administração de Alceu Colares e Sec. de Minas e Energia no governo de Colares e Olívio Dutra. Além de ser ¨a mãe do PAC ¨ como diz Lula, possivelmente será a primeira Presidenta Marxista- Leninista da América Latina.

3)ATS – Qual sua opinião sobre Lula e sua administração?

EG – Suas bases políticas são sindicais com grande influência da igreja católica e proximidade com a Teologia da Libertação. Seu primeiro mandato foi mais à esquerda, com a estruturação de conselhos, valorização de segmentos do terceiro setor e implantação de projetos sociais, muitos deles inviabilizados por administrações sem compromisso com as mudanças propostas pelo novo governo. O que levou-o a uma postura mais ao centro, tornando o PT de esquerda para um PT de centro esquerda.
É incontestável que os dois mandatos de Lula foram e são ainda os melhores momentos da vida sócio-economica nacional, e apesar dos desacertos e equívocos ocorridos no governo do PT, está sendo um bom governo. Aconteceram avanços sociais e econômicos nesses últimos anos : o pagamento da divida externa, o controle da inflação, se elevou o poder dos menos favorecidos, e o PAC impulsionou vários setores da economia e de infra estrutura. Creio que isso seja muito significativo para apenas dois mandatos.
Ficam algumas lacunas a serem preenchidas, como a Reforma Agrária que não foi efetivada e outros pontos das propostas de governo que pendem desde o primeiro mandato.
Embora seja um governo implementando uma agenda neo-liberal, é o melhor Presidente que esse País já teve nas ultimas três décadas.

4)ATS – Como você está vendo o momento político atual no município de Tibau do Sul? Fale das secretarias, do desempenho das mesmas.

EG – É preocupante, pois já se passaram dois anos de administração e as ações administrativas que deveriam ser tomadas até então não foram. Enquanto não se fizer a Reforma Administrativa, as secretarias ficarão inviabilizadas, a gestão está condenada a ingerências pela centralização do poder. Nessa configuração os secretários são peças de ornamentação administrativa, e é o que se vê nessa gestão. As ações das secretarias que conseguem andar a duras penas são pontuais e até tímidas, por falta de uma Reforma Administrativa. Algumas secretarias são catastróficas e outras são usadas como trampolim eleitoreiro .

5)ATS – Na sua concepção a escolha do atual gestor foi uma boa escolha?

EG – Digamos que foi um voto útil, pois nós nos encontrávamos numa situação de votar no continuísmo ou em uma perspectiva de mudança e na realidade não se tinha escolha e isso era e ainda é um fato.

6)ATS – O povo tem reclamado da atual administração. Você enxerga o povo com razão ou as reclamações não procedem?

EG – Em vários aspectos sim., eles procedem.
Veja bem, promessas de campanha que não foram cumpridas soam como mentiras, não é verdade ? É muito improvável que um governo sem programa e plano de gestão tenha êxito, além da inabilidade política e administrativa que corroboram para seu desgaste..


7)ATS – Alguns leitores comentam que a eleição foi ganha com um grupo, mas que não houve grupo na escolha de quem iria governar o município, ou seja, não houve equilíbrio e escolha dos auxiliares, levando a crer que não se procurou competência e formação e daí esses problemas do primeiro ano de governo. Você concorda com essa visão? Você vé condições de melhoria, para o bem do povo de Tibau do Sul?

EG – Na realidade, as decisões vinham, na maioria das vezes, da direção do PDT que era a majoritária. O PT propunha que o critério de escolha dos secretários fossem pela capacitação. Infelizmente o critério foi o de saudar compromissos políticos e apadrinhamentos, e isso quase inviabilizou o município.
Nosso município têm potencial para melhorar as condições de vida do nosso povo, o que esta faltando é gestão compartilhada , investimentos sociais e competências.

8)ATS – Alguns eleitores têm reclamado da forma como o prefeito vem se comportando, alguns inclusive relatando que o seu comportamento na campanha era um e agora é outro. Isso procede, na sua percepção? Ou ele está sendo cauteloso, levando em consideração a forma como recebeu o município?

EG - Um dos pecados imperdoáveis de Nilsinho foi não ter feito a transição de governo, e nem ter feito uma auditoria na prefeitura. E por isso pagou, paga e ainda pode vir a pagar duras penas.
Logo depois das eleições, nós da Executiva do PT que eu presidia na época, tivemos uma reunião com Nilsinho justamente sobre o governo de transição e os trâmites da transição. O que aconteceu na realidade foi uma meia boca, e na minha opinião foi o primeiro fiasco administrativo e político de Nilsinho.

9)ATS – Que sugestões você daria para melhorar a gestão?

EG - Reforma Administrativa, elaborar o plano de gestão, estruturar as secretarias, criação de um corpo técnico e transparência.

10)ATS – Você acredita que a oposição semeia a desestruturação do TIME que ganhou a eleição com o objetivo de recuperar o seu prestígio que estava em baixa?

EG – Acredito que ela faz o seu papel que é fiscalizar a gestão pública. O que não se pode negar é que a oposição mostra-se bem organizada e muita mais articulada que a situação.

11)ATS – Você acredita que o TIME que ganhou a eleição volta a se unir e marcha junto na eleição de 2012?

EG – 2012 está um pouco longe, e até lá pode surgir uma terceira via tão urgente em Tibau do Sul e a configuração seria outra. É ainda cedo para este tipo de antecipações.

12)ATS – Há um excelente candidato a senador o qual tem o apoio do candidato Carlos Eduardo, que é Sávio Hackradt, do PC do B. Sávio vem sendo muito elogiado por onde passa, por sua postura e elegância política e por ser também um marqueteiro. Você o conhece? Qual a sua opinião sobre ele? E sobre os outros candidatos, quem você ver com condições reais de ser eleito e de fazer o melhor pelo povo?

EG – Não o conheço, mas é inegável que o RN precisa renovar suas lideranças e sempre é bom termos novos políticos comprometidos com a causa socialista e outras alternativas ao sistema atual.

13)ATS – O vereador George Câmara vem despontado como o melhor vereador de Natal, por sua postura e sua luta por uma sociedade mais organizada, justa e fraterna. Ele pleiteia ser candidato a deputado estadual. Numa visão de buscarmos trocar as atuais figuras políticas por estas que lutem pelas necessidades da sociedade, você acredita que o vereador George Câmara será um bom nome para deputado estadual e para, por exemplo, representar o agreste, além da região metropolitana?

EG - Desconheço o trabalho do vereador, sei apenas que é candidato a deputado estadual.

14)ATS – Sei que você vota na candidata Dilma. Enumere as qualidades dessa candidata e como ela será um diferencial para dar continuidade a essa política avançada do presidente Lula.

EG – Dilma sempre foi competente em suas tarefas, competência que vem desde o movimento estudantil ainda na Faculdade de Economia.
Quando Sec. de Minas e Energia no RG do Sul, não sofreu com o ¨apagão¨, demonstrando sua competência administrativa, enquanto todo o país sofreu seus efeitos.
Foi a idealizadora do PAC, além de mostrar habilidade política.
A minha opção por Dilma concerne à perspectiva de um governo mais à esquerda. O meu crédito se dá principalmente por Ela ter uma formação política e ideológica Marxista Leninista, fato que se deve considerar importante.
Existem muitas demandas sociais abandonadas no decorrer do Governo Lula por pretexto da governabilidade e isso foi um grande retrocesso.
Espero que Ela retomará os compromissos firmados no inicio do governo, principalmente a Reforma Agrária, e reverá essa política do Brasil exportador de matéria prima porque ao meu ver, o desenvolvimento não deve-se basear nesse modelo.
E sem falar que será a primeira mulher Marxista Leninista a exercer o cargo mais alto do país mais importante da América do Sul.
E isso literalmente aterroriza a direita, não só a brasileira.

15)ATS – E diante do quadro atual de candidatos no estado, qual o seu candidato a governador?

EG – Muitas vezes nem sempre é o melhor candidato que é eleito, não só na esfera estadual, e isso vale para todos que pleiteiam cargos eletivos.
E até agora se fala muito em qual é o melhor nome e não qual apresenta o melhor programa de governo. Sem esse debate, vamos continuar elegendo nomes que muita vezes não amarram compromissos pela ausência desse debate programático, como é o caso em Tibau do Sul.
As movimentações atuais indicam uma boa aceitação pelo candidato do PDT, Carlos Eduardo, e é essa a configuração no momento.

Exibições: 36

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço