Entrevista de Aécio Neves para o Canal Livre

No primeiro bloco, o Aécio respondeu quais motivos o levam a querer ser presidente e contou como pretende tornar vencedor o projeto do PSDB, que fracassou nas últimas eleições, superando as rejeições e o desconhecimento de parte do eleitorado.

No segundo bloco o senador falou sobre carga tributária, prometeu acabar com metade dos ministérios e disse ser possível entregar uma reforma tributaria em seis meses ao Congresso. O senador ainda comentou a CPI da Petrobrás entre outras e defendeu que todo crime denunciado deve ser investigado independente do partido.

Aécio Neves discutiu no terceiro bloco o problema da segurança pública no país, disse que é necessário um maior apoio do Governo Federal aos estados, disse ser a prioridade do seu governo e contou detalhes do projeto de lei, que pretende aprovar, com o intuito combater os menores infratores. Ainda dentro do assunto o senador falou como pretende proteger as fronteiras do país.

O possível, pré-candidato a presidência, afirmou que pretende mudar radicalmente a politica internacional e disse que o país está amarrado ao Mercosul. O ex-governador ainda falou que a democracia ainda não está madura para o voto facultativo.

No último bloco do Canal Livre o senador afirmou que a atual administração federal é ruim e que quem vencer a eleição terá muito trabalho para corrigir o que está errado. Ele ainda contou como pretende juntar seus eleitorados e elogiou muito Aloysio Nunes como vice em sua chapa, mas afirmou que não é candidato de apenas um partido e sim de uma aliança.






Exibições: 143

Os comentários estão fechados para esta mensagem de blog

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço