EXTRA ! EXTRA ! ... STF decide: ELEITOR SÓ PRECISA DE UM DOCUMENTO COM FOTO para vota.

EXTRA ! EXTRA !

30/09/2010 - 16h37
Eleitor só precisa de um documento oficial com foto, decide STF
Publicidade
FELIPE SELIGMAN
LARISSA GUIMARÃES
DE BRASÍLIA

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quinta-feira, por 8 votos a 2, que o eleitor só precisa levar um documento oficial com foto na hora da votação. A maioria dos ministros acatou ação do PT contrária à obrigatoriedade de dois documentos.

A preocupação do partido era com um grande número de abstenção na hora da votação, levando-se em conta que muitas pessoas não encontram o título eleitoral no dia das eleições.

A relatora do caso, ministra Ellen Gracie, encontrou uma solução para não declarar a norma inconstitucional, mas permitir que o eleitor vote apenas com um documento com foto, como identidade, carteira de motorista ou passaporte, por exemplo.

Gilmar Mendes diz que não foi pautado por questões político-partidárias
Após ligação de Serra, Gilmar Mendes para sessão sobre documentos para votar
Presidente do PT minimiza telefonema de Serra a Gilmar Mendes
Acompanhe a Folha Poder no Twitter
Conheça nossa página no Facebook

Ela firmou que os dois documentos são obrigatórios, mas o eleitor só pode ser proibido de votar se não tiver consigo um documento com foto.

Para o presidente do STF, Cezar Peluso, a decisão é uma verdadeira "abolição do título eleitoral". "O título não é lembrete de local de votação", afirmou o ministro. Ele também disse que a exigência dos documentos "aprimora a consciência cívica".

O julgamento sobre a necessidade de portar dois documentos na hora da votação foi interrompido na sessão de ontem por um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes., mas retomado nesta quinta-feira.

Em seu voto, Mendes votou contra a mudança, ou seja, pela obrigatoriedade de levar os dois documentos.

Foi seguido apenas por Peluso.

O Supremo julga ação direita de inconstitucionalidade proposta pelo PT contra legislação que obriga a apresentação de dois documentos --o título de eleitor e outro com foto_ na hora de votar.

Já a ministra Ellen Gracie foi seguida pelos colegas Marco Aurélio Mello, José Antonio Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Joaquim Barbosa, Carlos Ayres Britto e Celso de Mello.

A avaliação é que o documento com foto já é suficiente para comprovar a veracidade daquele que irá proferir seu voto, já que no local de votação

Exibições: 59

Comentário de luzete em 30 setembro 2010 às 19:56
eita, marco antônio antenado!
valeu!
Comentário de Stella Maris em 30 setembro 2010 às 19:59
Valeu, marco.
estou sem te ler,devido ao tempo... mas vou tirar um tempinho.. viu.
bjs.
Comentário de Marco Antônio Nogueira em 30 setembro 2010 às 20:00
E aí, minha querida
lusitana, como está?

Quando é que vai me
mandar uma caixa de
pastel de camarão
lá do Mercado de Floripa?

Carinhoso
abraço,

Marco Nogueira
Comentário de Marco Antônio Nogueira em 30 setembro 2010 às 20:10
STELLA MARIS,

E tu também sumiste.
A ti, pergunto:
vais, ou não, me mandar
a gostosa tapioca de
nossa bela Fortaleza?

Diga-me: quantas caixas
de foguete já comprou
pra domingo à noite?

Carinhoso
abraço,

Marco Nogueira
Comentário de Stella Maris em 30 setembro 2010 às 21:42
marco,se te conto que tô com um bode , arrematado num leilão no interior, pra comer com a turma, no domingo da vitória..
vou te contar a estoria do bode.
estava num leilão da paroquia no interior,e começaam os lances, a turma da direita dava tanto e eu depois de uma(ss) aumentava o lance, diz aí que de lance em lance eu aumentava cada vez mais e num vi que eles tinham dessitido, foi quando me chamaram pra pagar o bode.. viximaria.. cadê o dinheiro, e todo mundo começou a rir e juntar dinheiro numa vaquinha pra pagar o bode...e filicidade geral..vamos comer o bode no dia D (ILMA) da vitoria..
olhe , marco, sua amiga aqui depois de uma(ss) num sabe o que faz..viu.
bjs.
Comentário de Marco Antônio Nogueira em 30 setembro 2010 às 22:04
STELLA MARIS,

Quer dizer que "purcaus"
dumas "birinaites" o bode
acabou dando idem?

No domingo, ao comê-lo,
(e não camelo) ofereça
um brinde a nós aqui
das Alterosas. Afinal,
a DILMINHA é mineira, né!

Mas, vou lhe contar um caso,
também de festa do Interior,
uma festa de Igreja, aqui
em Minas, lá pras bandas
de meu Triângulo Mineiro.
De viagem de volta de
Belo Horizonte ao interior,
paramos em uma quermesse
à beira da estrada. Descemos,
e de repente acharam que era
um deputado, e começaram a
arrematar algumas prendas
pra mim. Por alguns minutos
deixei que as coisas corressem.
Mas, depois de umas cinco prendas,
eu já com medo de uma confusão,
perguntei a eles o porquê de
tamanha gentileza, quando então
me perguntaram: o senhor
não é o deputado "fulano"?
E eu: - Não.
E eles: Hem!
E eu: Olhem, vamos,
então fazer o seguinte:
vocês todos sentem aqui
conosco e vamos saborear
tudo isso aí. A bebida vai
ser por minha conta.
É isso aí, amiga, se eu
não tivesse agido assim
teria com certeza dado
o maior BODE.

Abraço,

Marco Antônio
Comentário de Stella Maris em 30 setembro 2010 às 22:34
rsrsrsrrsrsrrsrsrrsr

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço