NO PRINCÍPIO ERA O VERBO. E DEUS TINHA O HÁBITO DE FALAR SOZINHO.

O universo é o que importa. O resto que se dane.

...E, NO OITAVO DIA, DEUS DEVIA TER FEITO AS PAZES.

Comprou um ferro de engomar e foi passar fome.

A MESMICE É AMIGA DA XEROX.

Papagaio come milho, periquito leva o agrotóxico.

TÃO SUBSERVIENTE QUE ATÉ SUAS OBJEÇÕES ERAM A FAVOR.

Os que vivem com a cabeça nas nuvens estão sempre rindo com o tempo.

A VIDA COMEÇA AOS QUARENTA... MILHÕES DE DÓLARES.

Pense: o epílogo existe.


(Do livro 'Filhotes do Pasquim', de Dodó Macedo. Capa e
ilustrações do cartunista teresinense Paulo Moura).

Exibições: 28

Comentário de Sérgio Troncoso em 27 junho 2009 às 3:18
Gregório,escrevo só para que saibas que teu trabalho de garimpagem pasquiniana está sendo deliciosamente lido e relembrado. Pelo que conheço da idade e índole de boa parte das pessoas daqui,muitos tambem lêem. Apenas os textos são auto-explicativos e sem margem para comentários mais substânciosos,visto que escrever com relevância e substância em cima do Pasquim é difícil e desnecessário. Um abraço,Sérgio.
Comentário de Gregório Macedo em 27 junho 2009 às 18:47
Grato pelo comentário, Sérgio.
Grande abraço.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço