Flautista americana lança - "Sorrisos do Choro"

 

 

Uma conversa ao telefone fez a flautista norte-americana Julie Koidin reestabelecer as referências musicais. Há algum tempo Julie notava um certo envolvimento da plateia quando atacava umas partituras diferentes sugeridas pelo violonista Jeff Kust, parceiro no duo que mantinha em Chicago.

 

Corriam os anos 1990 e, no subtítulo da partitura, a palavra “choro” intrigava a musicista. Ela sequer sabia tratar-se de um gênero musical. Ligou para um colega em Boston em busca de mais partituras, mas só encontrou CDs. Como era flautista, o amigo sugeriu que ouvisse Altamiro Carrilho. “Altamiro quem?”, foi a primeira reação de Julie.

Depois de receber dois discos, a flautista de formação erudita se deparou com um desafio: uma música popular de dificuldade técnica semelhante às peças eruditas. “Minha vida mudou”, conta.

 

 

O resultado da mudança está no livro - “Os Sorrisos do Choro – Uma Jornada Musical Através de Caminhos Cruzados”-, que Julie acaba de lançar no Brasil.


 


O trabalho dessa verdadeira devota do choro foi originalmente possível graças a uma bolsa da Fundação Einternacional Fulbright Commission. Durante sua investigação sobre a presença do choro nas vidas dos músicos brasileiros contemporâneos, Julie viajou pelo Rio de Janeiro, Brasília, Fortaleza, Natal, Recife e São Paulo.

 

Inspirada em livro publicado em 1936 (O Choro: Reminiscências dos Chorões Antigos), de Alexandre Gonçalves Pinto, o trabalho monumental de Koidin tem 52 entrevistas envolventes realizadas com um grupo representativo de músicos e personagens, todos tendo o choro como atividade comum, entre eles Altamiro Carrilho, Hermeto Pascoal, Guinga e Sivuca.

Rico em curiosidades contadas pelos entrevistados e pela própria Julie, "Os Sorrisos do Choro" permite conhecer melhor os músicos através de conversas informais que versam sobre família, carreira, sonhos e, é claro, o choro.



 

Confira entrevista de Julie Koidin ao programa Metrópolis (TV Cultura), clicando, AQUI.

 


Julie Koidin relata ao programa “Em Cartaz” a sua trajetória pelo choro brasileiro.

 

 

 

 

A obra de Julie Koidin será certamente importante ferramenta de futuros pesquisadores, e deve ser apreciada sem nenhuma dificuldade por quem se interessa pela música e cultura brasileiras.

Amante do Choro, de carteirinha, eu já encomendei o meu :))



************
Fontes:
- Correio Brasiliense (20/06/2011)
- Site Choro Music (onde pode ser efetuada a compra do livro).

************  

Exibições: 112

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço