quando virão cavalos e senhoras
nestes cavalos me trazer poesia?
se a desventura rola por meu corpo
donde o cavalo que decerto havia

de no plural me trazer damas, ventos
e umas rosas, outonais, relíquias
que arrancarão meu corpo dos tormentos?

espero um só: com o sopro de maria!

(romério rômulo)

Exibições: 31

Comentário de Ivanisa Teitelroit Martins em 26 setembro 2010 às 22:07
cavalos galopam ao vento
de seus cascos ouve-se...
algo?
não mergulham
atravessam...
cansados deitam o fardo ao chão
ao trote escapam.
Comentário de romério rômulo em 26 setembro 2010 às 22:48
obrigado, ivanisa.
um beijo.
romério

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço