FRENTE POPULAR ESTÁ DE ÔLHO: DARCIO ABUD LEMOS, SECRETÁRIO DA SAÚDE NOMEADO É CITADO NO INQUÉRITO DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

 

Esquema criminoso funciona na Prefeitura

de Divinópolis – Envolvidos: Vladimir Azevedo

(PSDB). Demétrius Arantes(PT), servidores e

empresários.

O Ministério Público Federal instaurou procedimento para apurar eventual pratica de improbidade administrativa decorrente de malversação de verba pública federal oriunda do PAC Saneamento, através de fraudes em diversos processos licitatórios envolvendo o atual prefeito, Vladimir de Faria Azevedo, o ex-prefeito Demetrius Arantes Pereira, vários servidores, como Lúcio Espíndola, Darcio Abud entre outros e diversas empresas como Trisa Engenharia Ltda, Lince Engenheiros e Consultores Ltda e outras empreiteiras.

O procedimento administrativo cível foi a partir de uma representação sigilosa para apurar eventual pratica de improbidade administrativa do atual prefeito, Vladimir Azevedo, e do anterior, Demétrius Arantes e dos servidores públicos que consta na representação como participantes de um esquema criminoso funcionando na Prefeitura Municipal de Divinópolis envolvendo os servidores, Lucio Antônio Espíndola de Sena, Ex-Gerente do PAC no governo Demétrius, continuou no governo de Vladimir Azevedo, é o atual Secretário Municipal de Obras e Projetos Especiais. Dárcio Abud Lemos, ex secretário de Desenvolvimento do ex-prefeito Demétrius Arantes, também migrou do governo anterior para o atual, como  secretário de Desenvolvimento do atual governo, Vladimir Azevedo, e atualmente é um dos coordenadores da campanha eleitoral do prefeito. Gilbert Alves Bernardo, Cleber Aguiar Evangelista, Flávio Henrique Assumção, Edmo Cardoso, João Antônio Bicalho, Cláudia Santana, Ângela Amaral e Eliane da Paz. Os sócios administradores das empresas Trisa Engenharia Ltda, Lice Engenheiros e Consultores Ltda, Consórcio Conserva/Libe, Sabe Engenharia Ltda, Pavisolos & Sondagem Consultoria Ltda, Riber & Land Projetos e Construções Ltda, Engeponta – Engenharia e Construções Ltda, Emurb – Empresa Mineira de Urbanização Ltda, Construtora Jalk Ltda e Selt Engenharia Ltda. E Dermetrius Arantes Pereira e Vladimir de Faria Azevedo. Os envolvidos estariam fraudando processos licitatórios desde 2005, mediante o recebimento de propina, em dinheiro, cujo valor é repartido entre seus integrantes. Além do Ministério Público Federal foi oferecida denuncia também no Ministério Público de Minas Gerais que instaurou inquérito para apurar os fatos. O valor dos recursos foi de R$ 46.000.000,00 ( Quarenta e seis milhões de reais ) Em 10 de novembro de 2011 a Procuradora da República em Divinópolis, Letícia Ribeiro

Marquete encaminhou para o chefe de Controladoria Regional da União no Estado de Minas Gerais, recomendações de auditoria nas concorrências publicas de Divinópolis. No dia anterior, em 9 de novembro de 2011 a Procuradora enviou a mesma recomendação para o Secretário da Secretaria de Controle Externo de Minas Gerais no sentido de também apurar as concorrências públicas da Prefeitura  de Divinópolis.

DIVINEWS

Seg, 01 de Outubro de 2012 14:57

FRENTE POPULAR COMPROMISSO COM DIVINÓPOLIS

 

Exibições: 183

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço