GAROTINHO, MOLEQUINHO, BOYZINHO, G_LOBINHO....

Garotinho, eu sempre desconfiei, estava lá, o semblante atônico, anatômico, atômico,
A globo enalteceu, convenceu, o transformou em "papai noel", belo papel,
Teatróloga como sempre, poucos entendem, poucos desconfiam,
Trocaram os pezões pelas mãos, bela comparação, que emoção,
Eu sabia, alguns sabiam, eles não sabiam. Será?
Agora é só delação, perseguição, difamação, ilusão,
E como sempre; a culpa é da população. (Taah Diphicy)

Exibições: 140

Os comentários estão fechados para esta mensagem de blog

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço