Portal Luis Nassif

Geração de energia ajuda na gestão de resíduos

LILIAN MILENA
Da Redação - ADV

A cidade de São Paulo produz diariamente 15.000 toneladas de lixo urbano, montante suficiente para implantar usinas de conversão de resíduos em energia com capacidade para produção média de 300 MW.

Os dados são da Secretaria de Saneamento e Energia da capital. No caso do Brasil, que produz diariamente 230.000 toneladas de resíduos sólidos urbanos, seria possível gerar próximo de 5.000 MW – para se ter ideia, a geração média da Usina de Itaipu é de 9.600 MW.

O potencial energético estimado pela secretaria aconteceria apenas se os resíduos fossem totalmente convertidos em energia elétrica com um rendimento térmico próximo de 30%. A partir da geração integrada, ou seja, da implementação de processos de co-geração e aproveitamento integral do calor do processo, o rendimento do ciclo térmico poderia atingir 88% - isso significaria gerar 10.000 MW médios equivalentes, considerando o aproveitamento energético dos resíduos urbanos de todo o país.

Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE), cada brasileiro produz diariamente 1,1 kg de resíduos sólidos urbanos – em 2007 foram gerados 61,5 milhões de toneladas, sendo apenas 45,1% destinados para aterros precários ou lixões.

No relatório Balanço Energético Anual 2008, o Ministério de Minas e Energia, considera que as atuais tecnologias para aproveitamento de resíduos urbanos para produção de energia estão maduras. No documento estima que o potencial de geração elétrica previsto para 2017 pode chegar a 11.000 MW. O MME considera as tecnologias de incineração para geração em ciclo simples de vapor, queima do biogás produzido em aterros sanitários ou em biodigestores para geração em turbinas de ciclos simples ou máquinas de combustão interna, e a incineração com o auxílio de outros combustíveis, em ciclo combinado.

Para acessar o relatório Balanço Energético Nacional 2008, clique aqui.

Acesse matéria relacionada:
Incineração: saída para lixo ou risco iminente?

Exibições: 119

Comentário de Jair Pedrosa em 18 junho 2010 às 13:08
Com o lixo, todos ganham e ninguém perde
Olá, Sobre este tema, leiam o artigo de Pedro Campos, Secretário Executivo da AMAT - Associação dos Municípios do Alto Tietê "Com o lixo, todos ganham e ninguém perde" em http://www.portalamat.org.br/noticia.php?cod=383&idmnu=13 Abs., Jair Pedrosa tel. 4747-1018 http://twitter.com/jairpedrosa
Comentário de Antonio Carlos Novaes Romeu em 26 junho 2010 às 22:29
Muito bonito, porém, os aterros continuam lançando 40% do metano gerado na atmosfera. A Europa vem praticamente já decretou o fim dos aterros sanitários. A solução para o Brasil são os MBT - Mechanical & Biological Treatments

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço