Gilmar Mendes processa Mônica Iozzi em 30 mil !

 O presidente do TSE,Gilmar Mendes processou a jornalista e atriz Mônica Iozzi em 30 mil reais ( e ganhou) por danos morais porque Mônica o questionou no seu Tuíter,Instagram,sei lá,que era inconcebível o Sr.Gilmar Mendes ter concedido habeas corpus ao médico estuprador Roger Abdelmassih,que foi condenado a 278 anos de prisão por 58 estupros !

 Não tenho receio de processos,não tenho receio de escrever e falar as verdades que povoam a biografia de Gilmar Mendes.

 Nascido em Diamantino,MT,seu pai,Francisco Ferreira Mendes era um grande latifundiário e considerado o coronel de Diamantino.Esteve envolvido em vários episódios nebulosos da politica local e acusado por inúmeras vezes de trabalho escravo.

 Até hoje a família Mendes manda em Diamantino e um dos seus irmãos já foi citado judicialmente,em 2009,por trabalho escravo em suas fazendas.

 Em 2015 o ministro Gilmar foi flagrado ( por interceptação telefônica autorizada pelo próprio STF) numa conversa com o ex.governador de MT,Silval Barbosa no dia em que este fora preso em Cuiabá( veja a matéria da Revista Época 6 de fevereiro de 2015 ).Diz a reportagem que " a 15 de maio do ano passado(2014),o STF, a pedido da Procuradoria-Geral da República,autorizou a PF a vasculhar a residência do  então governador Silva Barbosa,PMDB,à cata de provas sobre um esquema de corrupção.Cinco dias depois,uma equipe da PF amanheceu no duplex do governador,em Cuiabá.Na batida,os policiais acabaram descobrindo que Silval Barbosa guardava uma pistola 380,três carregadores e 53 munições.Como o registro da arma vencera havia  4 anos , a PF prendeu o governador em flagrante.Horas mais tarde, Silval Barbosa pagou fiança de 100 mil e saiu da prisão".

 Resumo da conversa entre Gilmar e Silval : muita cordialidade,camaradagem e a promessa do togado do STF de interceder junto ao relator(Dias Tóffoli) ,sobre a tramitação do caso na Corte Suprema.

Um escárnio à população de MT ! E Gilmar Mendes deveria sofrer impedimento de exercer o cargo de ministro do STF e ser,posteriormente,impedido de exercer a função de advogado.

 Mas nada acontece com o filho do coronel Francisco e dos seus admiradores da direita e da mídia grande.

 Processar a Mônica Iozzi em seu direito de manifestar-se contra um habeas corpus concedido a um estuprador condenado a 278 anos de reclusão e que ,antes de ser preso,fugira para o Paraguai utilizando outro nome,outra profissão,outra vida,é um ataque frontal contra a liberdade de expressão.

 Uma pergunta: aonde está a Fenaj ?

Exibições: 105

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço