Guerreiro (07-06-10)

Nasceu diferente o menino. Foi sua mãe que intuiu... Não, não era um santo ou profeta, não era esse seu destino... Seu coração era pequeno, para tanta vida, tanta paixão espraiada na alma... Tinha fome o menino... Uma fome, como ela nunca vira! Não fome do leite materno, que ele bebia sôfrego em seu peito de mãe... Porque, ela via nele, mesmo já saciado, o brilho nos olhos... era a fome!... “Fome do que, meu Deus...?” – e seu coração de mãe lhe dizia, que aquilo era fome de vida... Intensidade e paixão seguiriam seu menino para sempre...

Se alguém já viu coração de mãe se enganar, nem me conte, eu não acredito nisso... Pois foi exatamente assim que ela viu crescer o seu menino, o seu guerreiro, como ela gostava de chamá-lo, em seu coração secreto de mãe... Intenso, apaixonado, o coração sempre menor que a vida, que os desejos, que a fome, sempre lá, presente... Fome de vida... Chegou a ralhar com Deus, aquela mãe! Como não dera dois corações pro seu menino...? Um, só pras coisas que lhe transbordavam a alma...?

Hoje, é o homem vivido que se recorda dessas coisas... Seu tempo é de lutas... Lembra com imensa saudade, infinito amor, daquela mãe única que poderia ter tido, que lhe incentivara a ser o que era: esse faminto por vida, intenso e apaixonado, todo o sentimento explodindo por cada poro... Não fosse ele guerreiro, não teria suportado tanta vida, tantos desejos, o mar de paixões que navegou, lá, desde o seio materno...
O menino que ainda habitava nele, chorou uma lágrima doce... Mais lutas o aguardavam, mais vida, mais fome, mais intensidades, tão diversas...

Aquela lágrima o salvou! Levado assim por essa serena nostalgia, viu magicamente os olhos de sua mãe sobre ele pousados e, neles, a mesma mensagem: “vai em frente... você nasceu assim, faminto e intenso. Mas também guerreiro... Segue teu coração, como você sempre fez, menino meu... Basta isso... segue tua alma... Meu guerreiro!...

E, isso, bastou-lhe!

********************************

Exibições: 44

Comentário de joao p santos em 12 junho 2010 às 21:54
guerreiro carica por onde andas o ciro que na sua opinião vale DÉS, DILMAS
Comentário de Eduardo Ramos em 12 junho 2010 às 23:52
Descansando da ressaca - rs - a porrada foi violenta demais... - mas passa, e ele vem apoiar a Dilma.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço